Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / EITA!

Cantor Kiko, do KLB, se explica após ser acusado de furar a fila da vacinação: "Vou contar o que aconteceu"

Morando fora, cantor se viu envolvido em uma confusão e decidiu esclarecer o que aconteceu; veja

Redação Contigo! Publicado em 20/03/2021, às 11h28

Cantor Kiko, do KLB, se explica após ser acusado de furar a fila da vacinação - Reprodução/Instagram
Cantor Kiko, do KLB, se explica após ser acusado de furar a fila da vacinação - Reprodução/Instagram

O cantor Kiko, que por anos formou ao lado dos irmãos Leandro e Bruno a banda KLB, desabafou nas redes sociais nesta sexta-feira (19) após ser acusado de fular a fila de vacinação.

Ele mora nos Estados Unidos e ficou surpreso com a notícia veiculada por aqui. 

Nos vídeos, ele diz que tudo não passou de um mal entendido.

"Vou contar rapidamente o que aconteceu: eu, Francine [Pantaleão, sua esposa] e mais uns amigos combinamos de ir lá tentar tomar a vacina. E assim fizemos. Chegamos 9h30 da manhã, estávamos em 3 carros e, lá por 12h30, o amigo do primeiro carro precisava muito ir ao banheiro, afinal a gente já estava na fila há muitas horas. 'Kiko, vem pro meu carro, assuma a direção aqui e vou numa conveniência, porque preciso fazer xixi'", explicou.

Na volta ao carro após fazer as necessidades, ele foi acusado de ter furado a fila, o que não aconteceu segundo ele.

"Quando voltou, ele falou: 'por que a gente não fica em um carro só?'. Saí da fila, a gente estava há horas na fila, tiramos nosso meu carro e ficamos lá batendo papo. Três pessoas passaram a rodear o carro, foram falar com uma pessoa da organização. O supervisor veio falar com a gente que o pessoal estava reclamando que a gente não estava nesse carro. Estávamos em três carros, a oito carros do primeiro, tiramos nosso carro da fila, mas se preferir a gente desce do carro, espera oito carros serem vacinados e a gente é vacinado na sequência."

Ele disse que a atitude que eles tomaram não prejudicou ninguém e acusou quem estava na fila de tentar arrumar confusão.

"[O supervisor] disse: 'a vacinação é por carro, então não importa quantas pessoas estão no carro. Você tiraram dois carros da fila e deram oportunidade para outros dois carros na fila. Pessoas que viram que era eu que estava no carro. Prosseguimos na fila, fomos vacinados às 17h30 e foi assim que ocorreu", encerrou o cantor.

Vale lembrar que nos Estados Unidos mais de 100 milhões de pessoas já foram vacinadas.