Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / LUTO

Bombeiro que resgatou Marília Mendonça iria ao show da cantora: “Não vai sair da cabeça”

Profissional que participou do resgate de Marília Mendonça conta que demorou a acreditar que era a artista

Redação Contigo! Publicado em 11/11/2021, às 20h42

Bombeiro que resgatou Marília Mendonça iria ao show da cantora - Instagram
Bombeiro que resgatou Marília Mendonça iria ao show da cantora - Instagram

John Leno, bombeiro que resgatou a cantora Marília Mendonça no dia de seu acidente fatal, iria ao show da artista em Caratinga — Minas Gerais.

O profissional, que era grande fã da cantora sertaneja, contou em entrevista ao G1 que essa era a segunda vez que iria a um show da artista, mas acabou precisando fazer o resgate da mesma.

“Quando a gente ficou sabendo que viria outro [show] aqui [em Caratinga], minha esposa ficou louca. Eu até chamei um militar, que inclusive foi o primeiro a entrar na aeronave, para ele e a esposa dele irem com a gente”, disse ele

Leno falou ainda que só soube que o avião se tratava da aeronave da cantora no meio do caminho, mas que não quis acreditar. Ele relata que no momento que confirmou que era ela, a ficha demorou a cair.

“Eu queria acreditar que não era ela, que deveria ser alguém parecido. Eu estava no meio da cachoeira para poder receber os corpos e levar para a parte mais seca. Quando olhei e vi que era o rosto dela, pensei: ‘agora não tem como falar que não é ela’”, disse ele.

O bombeiro contou ainda que costumava ouvir as músicas da Rainha da Sofrência todos os dias. Ele disse que ficou muito marcado após pegar a cantora em seus braços e senti o seu perfume.

“Eu até comentei com minha esposa que na hora que eu a peguei [Marília Mendonça], eu senti um perfume bom que não vai sair da minha cabeça. Eu poderia ir ao show, tirar uma foto com ela e sentir o mesmo perfume, mas sentir ali, daquela forma, é uma situação que provavelmente não vai sair da cabeça”, lamentou o profissional.

Nas redes sociais, John também falou do ocorrido! Veja: