Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / QUE PODER

Autoconfiante, Yasmin Brunet elege vestido sexy com recortes bem ousados: “Surreal”

Yasmin Brunet abusa da sensualidade com produção quente, web fica impressionada e Gabriel Medina baba pela esposa

Redação Contigo! Publicado em 29/11/2021, às 08h23

Autoconfiante, Yasmin Brunet elege vestido sexy com recortes bem ousados: “Surreal” - Reprodução/Instagram
Autoconfiante, Yasmin Brunet elege vestido sexy com recortes bem ousados: “Surreal” - Reprodução/Instagram

A modelo Yasmin Brunet deixou os fãs boquiabertas na noite deste domingo (28) após publicar mais um daqueles cliques de parar o trânsito. É que ela ousou na produção e impressionou com sua beleza raríssima.

Com um look preto nada básico, a loira fez aquele carão para o registro e exibiu seus atributos arrebatadores. A produção para lá sensual se resumia em um vestido justíssimo e decotado, com recortes generosos na lateral, deixando à mostra parte da coxa e do bumbum.

Ao se depararem com o post, os seguidores da beldade ficaram em choques. “Minha autoestima acaba de cair no chão. Perfeita”, escreveu uma. “Mulher mais linda do Brasil”, enalteceu outra. Uma terceira também elogiou. “Uma beleza surreal”, disparou.

Quem não ficou de fora também dos comentários foi o marido, o Gabriel Medina. Apaixonado, ele teve reação curiosa. "Tá por**", escreveu ele deslumbrado com a amada. 

INDIRETA?

Brigada com a sogra Simone MedinaYasmin Brunetfalou nas redes sociais sobre a romantização de relações familiares.

Em suas redes sociais, no último sábado (27), ela interagiu com os seus seguidores. "Fala sobre violência familiar, aonde os familiares nos destroem diariamente, e não pode fazer nada", sugeriu um.

Sem papas na língua, ela deu sua opinião sobre o assunto: "Eu acho que, principalmente no Brasil, as relações familiares são muito romantizadas. Tem, sim, famílias muito tóxicas. Tem membros da família que estupram, abusam física e emocionalmente. Tem pais que fazem atrocidades com os filhos, etc. Infelizmente, muita gente ainda tem a mentalidade de 'mas é sua mãe. Mas é seu pai. Mas é seu avô'. E, nisso, perdemos crianças diariamente".