Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / GENTE?

Assassino de Daniella Perez detona documentário do crime e ameaça: "Tendencioso"

Assassino de Daniella Perez, Guilherme de Pádua detona documentário que expôs o crime e faz ameaça após não ser ouvido pela produção

Redação Contigo! Publicado em 25/07/2022, às 13h50

Assassino de Daniella Perez detona documentário do crime e ameaça: "Tendencioso" - Reprodução/YouTube/HBO Max
Assassino de Daniella Perez detona documentário do crime e ameaça: "Tendencioso" - Reprodução/YouTube/HBO Max

No último domingo (24), o pastor Guilherme de Pádua resolveu se pronunciar após o lançamento de Pacto Brutal, documentário da HBO que expôs o assassinato cometido pelo ex-ator contra a atriz Daniella Perez em 1992.

Em um vídeo publicado em seu perfil privado, o religioso diz que não gostou que a produção da série não o contatou para mostrar o seu lado da história, mesmo que ele já tenha sido condenado por confessar o crime.

"Sem ter acesso aos autos, só no que eu me lembro de cabeça, porque eu precisei refrescar muita coisa, assistindo ao programa, eu consigo quebrar de forma devastadoras, algumas teses do que foi apresentado. É tão fácil, tão óbvio certas coisas que eles não vão dar acesso a vocês telespectadores", disse ele.

E continuou: "O HBO (sic), um canal tão famoso, tão profissional dar uma bobeira dessas, deixar uma lacuna para que um concorrente possa apresentar as provas, as evidências que estão sendo ocultadas de você que está assistindo essa série".

Por fim, o assassino ainda ameaçou trazer a sua versão dos fatos. "E eu pretendo, talvez, pode aguardar que eu vou trazer algumas coisas. Não é pra dizer acredite na minha versão, mas pra você mesmo pensar, né? Coisa que eles não estão fazendo, como aquela imprensa marrom, aquela imprensa que é tendenciosa que quer puxar a sardinha para um lado, essa série está totalmente baseada somente na versão da acusação", completou.

Guilherme de Pádua e a esposa Paula Thomaz foram condenados por matar Daniella Perez a tesouradas em 1992; hoje, ele já está solto e é pastor. Na época, o ex-ator contracenava com a filha de Gloria Perez na novela De Corpo e Alma.

EITA!

O ator Maurício Mattar relembrou o passado e contou histórias da época em que dividiu um espetáculo com o ator Guilherme de Pádua, condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez.

Em entrevista, ele disse que o rapaz pediu para ver suas partes íntimas. A situação teria acontecido nos camarins do espetáculo Blue Jeans, ainda nos anos 90.

Não perca nada sobre as celebridades: siga a Contigo! no Instagram.