Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / Eita!

Após três pedidos de soltura negados, Justiça concede liberdade a DJ Ivis

Com a decisão, o cantor e produtor poderá responder em liberdade aos processos feitos pela ex-mulher, Pamella Holanda; confira

Redação CONTIGO! Publicado em 22/10/2021, às 19h37

Com a decisão, o cantor e produtor poderá responder em liberdade aos processos feitos pela ex-mulher, Pamella Holanda; confira - Reprodução/ Instagram
Com a decisão, o cantor e produtor poderá responder em liberdade aos processos feitos pela ex-mulher, Pamella Holanda; confira - Reprodução/ Instagram

Após quatro meses tentando sair da prisão, Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, teve seu pedido de liberdade aprovado pela Justiça do Ceará nesta sexta-feira (22).

De acordo com o colunista Leo Dias, do Metrópoles, o produtor deve ser solto a qualquer momento. Desde que foi preso, ele teve três pedidos de soltura negados.

Ele está preso por agressão doméstica desde o dia 14 de julho, quando sua ex-mulher, Pamella Holanda, divulgou vídeos nas redes sociais mostrando as agressões que sofria dentro de casa.

A prisão aconteceu em um condomínio de luxo em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza. Com a decisão de hoje, o cantor e produtor poderá responder em liberdade aos processos. Ele é investigado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica.

EITA!

O músico DJ Ivis emitiu uma nota oficial em que nega que seus filhos com Pâmella Holanda não estão recebendo os valores estipulados de pensão alimentícia.

Os advogados alegam que o dinheiro segue depositado pelo músico todos os meses.

"Desde julho são realizados depósitos judiciais na conta vinculada ao juízo do Eusébio. Tem-se, até a presente data, a quantia total de R$ 19.000,00 (dezenove mil reais) e, na próxima quinta-feira, totalizará a quantia de R$ 24.000,00 (vinte e quatro mil reais) pagos. Além disso, no dia 28/07/2021 foi oferecido, em juízo, um apartamento para moradia de sua filha e da ex-companheira e mantidos os pagamentos do plano de saúde de ambas", diz a nota publicada pela jornalista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia'.