Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / ALERTA!

Após se assumir gay, ex-cantor gospel apavora fãs com música: "Me matem"

Pedido de socorro? Cantor Jessé Aguiar apavora fãs ao cantar composição em que menciona morte; veja!

Renata Garre

por Renata Garre

rnogueira_colab@caras.com.br

Publicado em 18/08/2023, às 07h56

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Após se assumir gay, ex-cantor gospel apavora fãs com música: "Me matem" - Reprodução/ Instagram
Após se assumir gay, ex-cantor gospel apavora fãs com música: "Me matem" - Reprodução/ Instagram

Após se assumir gay, o ex-cantor gospel Jessé Aguiar deixou os fãs preocupados ao compartilhar uma música autoral na última quinta-feira (17). Isso porque muitos entenderam a letra como um possível pedido de socorro. A canção chamada Já Fiz as Malas transmite um sentimento de tristeza profunda ao falar sobre a vontade de morrer. 

Vale lembrar que o artista foi criticado desde que largou a igreja e expôs sua sexualidade. “Tem tanto tempo que eu corro atrás de soluções, mas acho que morreu esse cara tão bom, com tantas razões”, inicia ele na canção. 

“Terno preto pra criar uma outra versão que dói em falar, e põe a fé pra disfarçar, começaram de novo só pra avisar. Talvez eu queira mesmo que me matem mesmo, não é mais segredo, tô louco pra passear. Em outro campo, um lugar sem medo, eu já não me vejo mais, então vamos lá. Eu já fiz minhas malas, tô indo embora, e talvez agora eu seja feliz”, continua.

Os trechos comoveram seguidores de Jessé. “A igreja tem destruído pessoas!”, disse uma. “Meu medo é esse menino não suportar, ele tá pedindo socorro”, opinou outro. “Essa letra parece um recado, sei lá”, notou uma terceira. 

Recentemente, Jessé se tornou alvo de críticas por cantar na igreja onde congregava. Além disso, uma pastora famosa no meio evangélico deixou de ministrar no local ao saber que ele havia estado no templo pouco tempo antes. 

FALOU SOBRE ANDRÉ VALADÃO

Em junho, o pastor André Valadão gerou polêmica após fazer um discurso considerado homofóbico por grande parte dos internautas nas redes sociais. Sendo assim, Jessé Aguiar não pensou duas vezes antes de dizer o que pensa sobre o evangélico. 

Vale lembrar que André Valadão havia dito que: "Deus odeia o orgulho". Depois, ele trouxe o assunto à tona no púlpito, e chegou a se referir ao mês de junho, que é conhecido por ser o mês do Orgulho LGBTQIA+: "Considero que hoje é o mês que Deus mais repugna na humanidade", disparou.

Ele ainda afirmou que o termo irrita a força maior do cristianismo, que "odeia e repugna qualquer atitude de orgulho, só o uso da palavra Deus já condena". Nos comentários do post polêmico, Jessé Aguiar se pronunciou: “Eu jurava que o senhor era também… Apita muito!”, escreveu.