Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Polêmica

Após proposta para assumir cargo no governo, José de Abreu troca farpas com Regina Duarte

O ator voltou a provocar, depois que a atriz recebeu a proposta de assumir a Secretaria da Cultura

Redação Contigo! Publicado em 20/01/2020, às 11h38 - Atualizado às 11h44

O ator voltou a provocar desde que a atriz recebeu a proposta de assumir a Secretaria da Cultura - Reprodução/Instagram
O ator voltou a provocar desde que a atriz recebeu a proposta de assumir a Secretaria da Cultura - Reprodução/Instagram

Nesta segunda-feira (20) o ator José de Abreu não perdeu a oportunidade de criticando a escolha do presidente em nomear a atriz, Regina Duarte, para ficar a frente da Secretaria da Cultura.

José de Abreu publicou algumas fotos em suas redes sociais com legendas provocativas: 

“Breaking Faking News: Regina Duarte exige a recriação do Ministério da Cultura para participar do governo. ‘Sempre fui a protagonista, não será agora que vou ser a secretária. Quase não tem fala!’ Na verdade o salário de Ministro é 36 mil e de Secretário 15 mil”, escreveu Abreu, depois das notícias de que o presidenteacredita a atriz é um nome muito poderoso para assumir somente a secretaria e que ele estuda recriar a pasta para que Regina não fique subordinada ao Ministério da Cultura.

“A mulher ideal para participar do governo nazista-homofóbico-miliciano”, disparou o global, compartilhando uma imagem com a declaração de Regina, na qual ela diz que o presidente Jair Bolsonaro é uma pessoa "doce".

Em outra publicação, Abreu critica Regina pelo fato dela ter dito que o governo Bolsonaro respeita "seu povo”:

“Seu povo, o povo dele, não o povo brasileiro: ministros analfabetos, milicianos, corruptos, nazistas, militares e policiais assassinos, torturadores, pedófilos. Realmente, ela está preparada para o cargo”, disse ele na legenda.

Os dois atores já trocam provocações a algum tempo, por terem opiniões e posições diferentes dentro da política, mas após a polêmica envolvendo Regina Duarte e a Secretaria da Cultura, o ator vem mostrando ainda mais sua indignação com as escolhas do presidente.

Veja