Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / EITA!

Usando oxigênio, Elizangela diz que não foi vacinada contra a Covid-19: "Não sou cobaia"

Elizangela diz que não foi vacinada contra a Covid-19 e negou que seja negacionista; veja

Redação Contigo! Publicado em 04/02/2022, às 16h35

Após ficar em estado grave, Elizangela confirma que não tomou a vacina: "Não sou cobaia" - Reprodução/TV Globo
Após ficar em estado grave, Elizangela confirma que não tomou a vacina: "Não sou cobaia" - Reprodução/TV Globo

A atriz Elizângela se pronunciou pela primeira vez após ser internada com complicações da Covid-19. Em uma conversa com fãs em seu perfil nas redes sociais nesta quinta (3), ela contou como está.

Ela afirmou que está precisando usar oxigênio e confirmou que não foi vacinada contra a Covid-19.

A atriz negou que seja negacionista.  “Fizeram aquele bando de ‘fake news’ comigo sobre eu ser contra a vacina. Eu não sou contra a vacina. Sou uma senhora de 67 anos que vai tomar a vacina da gripe”, declarou.

Já sobre a vacina contra a Covid-19, sua opinião foi bem diferente. "Não sou cobaia", afirmou.

Em outro momento da transmissão ao vivo, Elizângela chegou a colocar em dúvida se o que teve foi realmente Covid-19. “Se tive, foi muito leve, durante todo esse tempo. Busquei me fortalecer, fazer as coisas que pudessem botar meu organismo legal, firme, zinco, aquelas coisas, vitamina D, e foi o que fiz durante todo esse tempo. Nem ninguém aqui em casa teve”, afirmou.

INTERNAÇÃO

A atriz Elizangela recebeu alta do Hospital Municipal José Rabello de Mello, em Guapimirim, após ser internada com graves sequelas respiratórias da Covid-19 em 23 de janeiro.

Na época, a assessoria de imprensa da prefeitura da cidade revelou que a artista ainda precisará de suporte por no mínimo uma semana para respirar melhor. "A atriz recebeu alta médica, já está em casa, mas ainda realiza uso de suporte de oxigênio. Vai precisar por uma semana", disse o comunicado.

De acordo com o jornal O Globo, o empresário da artista, Lauro Santanna, contou que ela ficou consciente, mas com um quadro que inspira cuidados.

"A filha dela, que é quem está acompanhando de perto a situação, e ela me passou essas informações. Ela ainda está na sala vermelha porque tem a parte respiratória mais sensibilizada porque já teve um enfisema pulmonar, mas está com a saturação bem melhor e estabilizada", disse ele.