Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / ESCLARECEU

Após dizer que não se vacinará contra Covid-19, Dado Dolabella explica: “Não sou anti vacina, muito menos negacionista”

Em meio à polêmica, ator pontua motivos que o leva a optar por não se imunizar contra a doença que já matou 533 mil brasileiros

Redação Contigo! Publicado em 11/07/2021, às 17h52

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Após dizer que não se vacinará contra Covid-19, Dado Dolabella explica: “Não sou anti vacina, muito menos negacionista” - Reprodução/Instagram
Após dizer que não se vacinará contra Covid-19, Dado Dolabella explica: “Não sou anti vacina, muito menos negacionista” - Reprodução/Instagram

Dado Dolabella precisou se pronunciar após a grande repercussão da sua declaração de optar por não tomar a vacina contra Covid-19.

No último sábado (10), o ator fez uma live em suas redes sociais e, por lá, detalhou os motivos pelo qual escolheu não receber o imunizante. Ao compartilhar a transmissão ao vivo, o artista resumiu a explicação na legenda da publicação.

“Alguns dos motivos porque não vou tomar vacina. É obvio que no cenário atual a vacina se faz necessária, principalmente para quem é grupo de risco. É bom deixar claro que não sou anti vacina. Muito menos negacionista. Sou anti crueldade, só quero que não seja produzida através do sofrimento dos inocentes. A cura não virá da dor de ninguém. Por isso me recuso a ingerir uma substância que veio do sofrimento animal criado por uma indústria que nunca quis promover a cura de nada… pelo contrário. Gera sempre dependência química nas pessoas para sobreviverem com as milhares de doenças que temos em nossa sociedade. Absolutamente desnecessário”, começou ele esclarecendo o seu ponto de vista.

E, prosseguiu. “O nosso problema de saúde mundial é sistêmico. Não adianta remediar, vacinar se não resolver na raiz do problema. Covid é zoonose. Doença que se origina na exploração animal. É preciso parar com a exploração animal. Se não novas cepas irão surgir, novas transmutações, novos vírus e novas drogas. Tudo que eles querem. Gripe espanhola, gripe suína, gripe aviária, influenza, vaca louca, ebola, HIV, h1n1, h2n5, mers, sars, covid e etc… vieram da crueldade que fazemos com os animais”, disse.

No trecho final, Dado Dolabella aproveita a ocasião para aconselhar seus seguidores. “Passou da hora de despertar. É preciso cortar o mal pela raiz. Há seis anos que sou vegano, há seis anos que não sei o que é ficar doente, nenhum vírus se cria dentro do meu corpo. Nem mesmo o COVID (que eu testei positivo) se criou, pra mim foi como se fosse um resfriadinho que durou 2 dias… E olha que antes eu era altamente dependente de antibióticos… toda hora tinha alguma zica. Acabou! Há seis anos vivo os melhores momentos da vida! Outra vibração! Outra frequência… O caminho que não tem amor eu não vou”, finalizou.

A ESCOLHA

Aos 40 anos, o ator Dado Dolabella revelou que não vai se vacinar contra a Covid-19. Pela idade, ele já poderia ter recebido ao menos a primeira dose do imunizante.

Na quinta-feira (8), ele afirmou que recusou todas as vacinas porque elas foram testadas em animais. Ele é vegano e não usa nada que tenha sido testado ou tenha origem animal.

"Eu não pretendo tomar nenhuma dessas. Vou esperar a vacina sem testes em animais", declarou ele em seu perfil. Questionado pelos fãs, ele reiterou a decisão.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!