Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / EITA!

Após declarações de Carlos Alberto de Nóbrega, Gorete Milagres se pronuncia e suplica: “Me deixa em paz”

Chateada, a atriz esclarece situação e afirma que foi vítima de um conflito tomado por ego e vaidade

Redação Contigo! Publicado em 31/07/2021, às 14h40

Após declarações de Carlos Alberto de Nóbrega, Gorete Milagres se pronuncia e súplica: “Me deixa em paz” - Reprodução/Instagram
Após declarações de Carlos Alberto de Nóbrega, Gorete Milagres se pronuncia e súplica: “Me deixa em paz” - Reprodução/Instagram

Após declaração polêmica de Carlos Alberto de Nóbrega, Gorete Milagres usou as redes sociais para fazer um pronunciamento e dizer que foi vítima de uma guerra de ego e vaidade com seu ex-parceiro de trabalho.  

O conflito começou após o humorista e diretor do A Praça é Nossa dizer durante uma entrevista ao programa de Rafinha Bastos que a atriz foi a pior pessoa com quem já trabalhou e, inclusive, não gostaria de voltar a trabalhar come ela nunca mais.

Neste sábado (31), a humorista, então, resolveu dar a sua versão dos fatos em um vídeo em que aparece caracterizada de Dona Filó, personagem que interpretava no programa do SBT.

“Resposta ao Carlos Alberto de Nóbrega. Estou exausta e chateada e achei que relatar os fatos com a Filó ficaria mais leve. O vídeo ficou longo, mas foi necessário! Para mim está claro que fui vítima de uma guerra do ibope, ego e vaidade. Há mais de 10 anos eu ouço inverdades e está mágoa descabida desse senhor. Uma mulher não pode brilhar. Ele ainda tenta tirar o meu brilho. Isto é abusivo, perverso e violento! Chega!”, disse ela.

E, acrescentou com grande pedido. “Por favor, Carlos Alberto de Nóbrega, me deixa em paz! Descubra o caminho da paz e do amor, ainda lhe resta tempo! Obrigada Marcelo por ainda acreditar que eu poderia alavancar o ibope da Praça, que teve grandes perdas. Sorte para você!”, finalizou.

BATEU DE FRENTE

Carlos Alberto de Nóbrega reclamou abertamente sobre o horário do A Praça é Nossa no SBT.

Nesta quinta-feira (29), o veterano do humor deu uma entrevista para o canal do YouTube de Rafinha Bastos e abriu o jogo sobre sua frustração com a faixa em que o programa está sendo exibido: às 23h15 nas quintas-feiras.

"O público quer rir, ainda mais nesse horário nojento que eu tenho: 23h30. Isso é uma coisa de uma crueldade que não tem tamanho", detonou o humorista.