Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / NA TORCIDA

Após Caio Ribeiro anunciar que está com câncer, Tiago Leifert reage e torce pela cura do amigo: “Falta pouco”

Na expectativa pela melhora do ex-jogador de futebol, apresentador expressa seus sentimentos ao comentarista da Globo

Redação Contigo! Publicado em 04/09/2021, às 08h16

Após Caio Ribeiro anunciar que está com câncer, Tiago Leifert reage e torce pela cura do amigo: “Falta pouco” - Reprodução/Instagram
Após Caio Ribeiro anunciar que está com câncer, Tiago Leifert reage e torce pela cura do amigo: “Falta pouco” - Reprodução/Instagram

Tiago Leifert comoveu a web na noite da última sexta-feira (03) ao deixar uma mensagem especial a Caio Ribeiro que foi diagnosticado com câncer.  

Nas redes sociais, o comentarista da Globo contou que está com um linfoma de Hodgkin, contudo tranquilizou ao dizer que está na reta final do tratamento contra a doença e que tem mais de 90% de chances de cura.

“Esse cara é tão especial que só deu a notícia já perto da cura para não preocupar ninguém”, disse o apresentador sobre o amigo.

Na sequência, expressou sua torcida pela cura do ex-jogador de futebol. “Falta pouco caioba! Mais 2 e é só comemorar. Te amo”, declarou-se.

O ANÚNCIO

Nesta sexta-feira (3), Caio Ribeirosurpreendeu a web ao revelar que está com um linfoma de Hodgkin, um tipo de câncer. O ex-jogador de futebol contou que está na reta final do tratamento contra a doença e que pretende seguir no trabalho normalmente.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o comentarista da Globo diz que tem mais de 90% de chances de cura.  "Um tempinho atrás, apareceu um caroço no meu pescoço e fui diagnosticado com um linfoma, chama-se linfoma de Hodgkin. A boa notícia, e esse é o motivo pelo qual estou gravando esse vídeo, é que ele tem 95% de cura e o meu corpo está respondendo muito bem ao tratamento", disse Ribeiro

No desabafo, o comentarista explicou que está na penúltima sessão de quimioterapia. "[Estou] Forte, com a cabeça boa e tenho certeza que, em mais 15 dias, isso vai passar!", comentou.