Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / DESABAFO

Aos prantos, vocalista da ‘Mastruz com Leite’ relata assédio sexual: “Não confiem”

Vocalista da ‘Matruz com Leite’, Larissa Ferreira diz que assediador era um colega da mesma banda e explica que situação aconteceu dentro de sua própria casa

Redação Contigo! Publicado em 04/01/2022, às 18h17

Aos prantos, vocalista da ‘Matruz com Leite’ relata assédio sexual - Instagram
Aos prantos, vocalista da ‘Matruz com Leite’ relata assédio sexual - Instagram

Uma das vocalistas da banda de forró Mastruz com Leite, Larissa Ferreira usou as redes sociais nesta terça-feira (04) para denunciar um assédio que sofreu em sua própria casa. Sem esconder a emoção ao falar do assunto, ela contou que o assediador é um dos músicos da banda.

A cantora explicou que ela e o marido receberam o rapaz, que não teve a identidade revelada, para dormir na residência do casal, já que ele era um amigo do esposo. Ela explicou que a amizade do rapaz com o companheiro fazia com que ela tivesse total confiança nele.

A artista explicou que o caso ainda traz gatilhos. Ela contou ainda que o integrante da banda se aproveitou da situação para passar a mão nela, enquanto ela dormia junto do companheiro. A vocalista disse ainda que havia ingerido bebida alcoólica e acabou tendo um sono mais pesado.  

“Eu faço brincadeira com todo mundo, mas com essa pessoa eu nunca tinha tirado. E mesmo que eu tivesse tirado, não justifica. Ele não tinha o direito de ser covarde e me pegar dormindo”, disse a cantora, relatando que sentiu ele passar a mão em seu corpo e beijar seu rosto: “A pessoa estava me beijando com a minha mão nas partes íntimas dela. Este homem fez isso comigo, eu deitada na minha cama, com o meu marido do lado, e a pessoa me assediando”.

Larissa Ferreira disse que teve medo de contar a situação no momento do ocorrido e seu marido acabar fazendo uma besteira. Ela explicou que sua reação foi se mexer, para que o abusador entendesse que ela estava sentindo o que estava acontecendo: “Se eu fizesse alarme o Jean [marido] ia matar esse homem”, explicou.

CRISE DE ANSIEDADE

Chorando muito, ela disse que o ocorrido gerou uma crise grande de ansiedade: “Fiquei calada e pensando se eu ia dizer isso pro Jean ou não. Se ele ia me entender, se ele iria atrás tirar satisfação. Tive crise grande de ansiedade, passei a semana toda vomitando. Chegando o dia de viagem com a banda e eu não estava tendo coragem (de contar). Até que me abri com a Mara, e ela até cogitou de eu não contar para ele (marido), com medo de ele fazer uma besteira. Mas aquilo estava me consumindo por dentro, porque eu não ia conseguir ficar no mesmo ambiente que esse homem”, desabafou.

A cantora disse que recebeu apoio dos patrões, mas que precisou aguentar três dias de shows ao lado do homem, já que só decidiu contar o ocorrido poucas horas antes da viagem: “Estou falando isso para vocês terem cuidado", disse ela, relatando ainda que passou os últimos dias a base de remédio.