Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / ABALADA

Aos prantos, Maria Beltrão pede intervalo após revelações sobre a morte do menino Henry: "Eu peço licença"

Jornalista não conseguiu conter a emoção após mensagens entre mãe e babá serem expostas pela Polícia

Redação Publicado em 08/04/2021, às 15h01

Aos prantos, Maria Beltrão pede intervalo após revelações sobre a morte do menino Henry: "Eu peço licença"
Aos prantos, Maria Beltrão pede intervalo após revelações sobre a morte do menino Henry: "Eu peço licença" - Reprodução/TV Globo

A apresentadora Maria Beltrão foi às lágrimas na abertura do Estúdio i, na GloboNews, após a coletiva da Polícia Civil do Rio de Janeiro que investiga a morte do menino Henry Borel.

Muito abalada, ela não conseguiu começar o programa e classificou a situação como "inominável".

Ela precisou da ajuda de André TrigueiroOctavio Guedes.

"A gente tá falando de uma realidade inominável. Algo difícil de qualificar ou definir. O que essa entrevista coletiva mostrou, e desculpe se eu tô emocionada porque a gente tá numa época difícil. O que ela mostrou, com essa troca de mensagens, é muito sério. É muito triste. Eu peço licença, vou pedir um intervalo. Desculpe o descontrole emocional", disse ela.

A prisão de Dr. Jairinho e de sua esposa, Monique Medeiros, tem gerado comoção.

Nesta manhã, Fátima Bernardes também desabafou durante o Encontro.

"Uma história terrível, não tem como compreender. Uma reunião pra afastar ele da câmara é o mínimo", afirmou. A apresentadora também lembrou o laudo da perícia que comprovou que o menino foi brutalmente agredido. "A gente não quer nem imaginar como chegou a esse ponto. É uma tragédia."

Veja: