Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / POLÊMICA!

Aos prantos, Luisa Mell revela quase ter tirado a própria vida após sofrer violência médica: "Não quero viver assim"

Ativista relembrou de procedimento estético sem sua autorização e deixou fãs preocupados com seu desabafo; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 27/09/2021, às 19h28

Luisa Mell chora ao citar sequelas de violência médica - Reprodução / Instagram
Luisa Mell chora ao citar sequelas de violência médica - Reprodução / Instagram

Luisa Mell deixou seus fãs bastante apreensivos na noite desta segunda-feira (27) após surgir aos prantos nas redes sociais.

A ativista voltou a falar sobre às sequelas psicológicas após passar por um procedimento estético sem sua autorização e afirmou que ainda não conseguiu digerir a situação.

"Nunca mais vai ser daquele jeito. Nunca mais eu pude usar meu armário, as minhas roupas porque ele achou que eu tinha muita gordura baseado no conceito estético sei lá de quem. Não é justo isso, gente. Não é possível. Fora que ele machucou todo meu pescoço, depois eu vou mostrar pra vocês. Ele deixou marcas", afirmou.

Visivelmente abalada, ela foi sincera ao revelar que ainda está longe de se recuperar completamente do trauma. "Desculpa, eu precisava falar pra vocês porque eu só penso em morrer nos últimos tempos... mas eu tenho meu filho, eu tenho meus bichos... Não quero viver assim. Esse post é justamente para que ninguém passe na vida por isso", concluiu.

Recentemente,Luisa Mell contou nas redes sociais sobre aquele que ela diz ter sido "o pior ano" de sua vida. Ela relembrou o episódio de violência que foi vítima ao ser operada sem autorização.

RECUPERANDO

Luisa Mell tem passado por alguns procedimentos para reparar uma violência médica que sofreu. No mês passado, ela revelou que foi feita nela uma lipoaspiração sem autorização.

Nesta sexta-feira (24) ela compartilhou uma foto no hospital, e apesar de não ter especificado o que fez, ela contou que estava tentando "reparar erros", que devem se referir aos erros médicos anteriores.