Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / SAUDADES

Aos prantos, Beth Goulart lamenta saudades da mãe, Nicette Bruno: "Relembrei nossa parceira"

A atriz morreu no dia 20 de dezembro, aos 87 anos, vítima das complicações da Covid-19

Redação Contigo! Publicado em 22/01/2021, às 11h14

Aos prantos, Beth Goulart lamenta saudades de Nicette Bruno - Reprodução/Instagram
Aos prantos, Beth Goulart lamenta saudades de Nicette Bruno - Reprodução/Instagram

Há pouco mais de um mês o Brasil se despediu de Nicette Bruno e nesta sexta-feira (22), Beth Goulart surgiu, em suas redes sociais, completamente emocionada ao falar sobre a morte da mãe. 

"Tem dias que é difícil [...] relembrei nossa parceira, tão ligadas, amigas mesmo, companheiras. Acho que é porque está chegando meu aniversário né [...] queria muito que ela tivesse aqui comigo, eu sei que ela está de outra forma, mas... tem dias que é mais difícil. Tem dias que você queria ouvir a voz da pessoa, ver o sorriso, eu sinto muita saudade", disse ela, sem conseguir segurar as lágrimas. 

Na publicação, muitos fãs e artistas comentaram algumas experiências que viveram ao lado de Nicette. "Sua mãe foi uma das pessoas mais especiais que já conheci. E tenho certeza de que ela estará sempre entre nós", escreveu o apresentador Lair Rennó. "Que ser humano lindo. Os princípios e valores dessa família não há dinheiro que pague", afirmou um fã. 

A atriz morreu no dia 20 de dezembro, aos 87 anos, vítima das complicações da Covid-19. 

LUTO

Lucas Lucco revelou nesta quarta-feira (20) que está encarando uma perda na família. 

O ator usou os Stories para contar sobre a morte do avô, Seu Joaquim, vítima da Covid-19. Claramente abalado com a notícia, o bonitão buscou olhar para os bons momentos do passado em vez de focar na dor do presente e comentou essa situação difícil.

"Meu avô Joaquim faleceu hoje", contou. "Ele tava na UTI, com complicações da Covid-19 e veio a falecer hoje".

Pensativo, Lucas afirmou: "Eu tenho muitos motivos pra ficar triste", mas destacou que tem outros para sorrir. É que os dois avós e o pai foram internados quase ao mesmo tempo com a doença, e o pai está bem. A avó também segue internada, mas está se recuperando bem.