Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / HOMENAGEM

Aniversário de Paulo Gustavo é declarado Dia do Humor no Rio de Janeiro: "O objetivo é eternizá-lo"

A data será comemorada no dia 30 de outubro em homenagem ao ator, que morreu devido a complicações da Covid-19

Redação Contigo! Publicado em 26/10/2021, às 15h47

Aniversário do Paulo Gustavo é declarado Dia do Humor no Rio de Janeiro: "O objetivo é eternizá-lo" - Reprodução/Instagram
Aniversário do Paulo Gustavo é declarado Dia do Humor no Rio de Janeiro: "O objetivo é eternizá-lo" - Reprodução/Instagram

O aniversário do ator Paulo Gustavo, dia 30 de outubro, agora é oficialmente o Dia do Humor no Rio de Janeiro.

Nesta terça-feira (26), foi publicado no Diário Oficial a sanção do governador Cláudio Castro à Lei 9440 de 2021, que conta com a nova data comemorativa no calendário oficial do Estado do Rio de Janeiro.

De autoria do presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), a lei não só homenageia o ator, que fez história na TV e no cinema, tornando-se referência do humor, mas também agracia todos os artistas do gênero no país.

“Nosso objetivo é eternizá-lo no calendário oficial do Estado do Rio de Janeiro e promover uma celebração ao ato de fazer rir, reconhecendo a importância que a comédia tem na vida dos cidadãos fluminenses e a sua potência para transformar o mundo e as pessoas para melhor. A empatia e o carinho que conquistou do público também promoveram o combate à discriminação, já que Paulo conseguia por meio de humor e do riso levar uma mensagem de tolerância e respeito”, declarou Ceciliano.

O texto diz ainda que, na data, “o mau humor fica banido no Estado do Rio de Janeiro” e lembra que Paulo Gustavo imortalizou a frase: “Rir é um ato de resistência”.

O humorista faleceu dia 4 de maio deste ano, aos 42 anos, devido a complicações provocadas pela Covid-19. 

MEMÓRIAS

Na última quinta-feira (21), Thales Bretas aproveitou o dia de TBT para resgatar lembranças ao lado de Paulo Gustavo, morto desde maio por complicações da Covid-19.

Há cinco meses sem o marido, o viúvo ressaltou a saudade enquanto relembrava os momentos de felicidade que viveram juntos.