Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / NÃO FICOU CALADA

Anitta responde jornalista após ser criticada por se achar demais: "O choro é livre"

Anitta responde jornalista nas redes sociais ao se deparar com um texto questionando os motivos pelo qual ela é sempre detonada na web

Redação Contigo! Publicado em 27/06/2022, às 21h38

Anitta respondeu um texto feito por um jornalista português falando sobre sua vida e carreira e deu o que falar - Reprodução/Instagram
Anitta respondeu um texto feito por um jornalista português falando sobre sua vida e carreira e deu o que falar - Reprodução/Instagram

Após seu show no Rock In Rio Lisboa, Anitta resolveu se pronunciar nas redes sociais e respondeu um jornalista português que fez um texto questionando o porquê a artista sofre tanto escárnio, ou seja, é alvo de zombaria e chacota ou críticas negativas em relação a seu trabalho.

Sem papas na língua, a cantora compartilhou o texto de André Carvalho Ramos, da CNN Portugal e do canal TVI, para desabafar sobre o assunto. "Li esse texto e resolvi responder aqui. Por quê? Porque tudo que estimula mudança ou evolução incomoda [qualquer tipo de mudança]. Até quando? [Ele pergunta] Até quando eu morrer, claro", alfinetou.

Em seguida, Anitta resolveu se comparar com Carmem Miranda, que em sua época também era apedrejada por tentar fazer um trabalho com dimensão internacional e não focar suas energias apenas no Brasil. "Aconteceu igual à rainha Carmen Miranda [aliás, perfeita junção de Portugal e Brasil, mas hoje em dia apenas, pois na época ela era 'vergonha nacional']. Carmen não aceitava se submeter a ser o que o povo queria pra ser amada. Ela queria revolucionar e ser ela mesma sem papinho furado".

"Carmen foi crucial para a cultura durante tempos de guerra. Lutou, batalhou, revolucionou. Mas faleceu triste pois não teve o reconhecimento merecido. E isso aprendi com minha musa. Se não quiser me reconhecer, tem problema não. Eu mesma me darei meus merecidos créditos. E quem disser que estou me achando? Está coberto de razão. Mas a humildade sempre prevalecerá", completou Anitta.

Por fim, a poderosa ainda brincou fazendo uma alusão à saga Harry Potter, publicando uma foto do vilão, Voldemort, comparando seus haters com os membros da organização de supremacia puro-sangue que se uniram em torno do antagonista. "Podem chorar comensais do Voldemort. O choro é livre", alfinetou.

ALANIS GUILLEN RELATA JÁ TER SOFRIDO ASSÉDIO

Alanis Guillen, a Juma no remake de Pantanal na Globo, abriu o coração para falar sobre a diária luta das mulheres em busca de direitos iguais e respeito. Sincera, ela frisou que toda mulher já sofreu ou sofrerá algum tipo de assédio durante sua vida, assim como já aconteceu com ela no passado.

"O assédio existe das formas mais bem estruturadas e veladas. Então dizer que eu não sofri assédio é uma grande mentira. Acho que toda mulher sofreu, sofre e infelizmente sofrerá. O feminismo está aí pra gente lutar para que o respeito prevaleça", lamentou a atriz em entrevista à Glamour.