Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / APOIO

Ana Hickmann fala sobre luta do marido contra o câncer: ''Forte e guerreiro''

Apresentadora grava vídeo emocionante ao lado de Alexandre Correa e fala de tratamento

Redação Contigo! Publicado em 12/11/2020, às 19h47 - Atualizado às 19h51

Ana Hickmann e marido agradecem apoio dos fãs - Instagram
Ana Hickmann e marido agradecem apoio dos fãs - Instagram

Ana Hickmann está passando por um momento bem delicado. É que o esposo dela, Alexandre Correa, foi diagnosticado com um câncer no pescoço e o momento da família é de união.

Nesta quinta-feira (12) a apresentadora compartilhou um vídeo junto do esposo para falar um pouco sobre o momento. Eles falaram da doença e agradeceram o apoio dos fãs.

Alexandre contou que um amigo observou que havia uma bola no pescoço dele, no final de dezembro. Ele passou por alguns exames e, logo depois, por uma cirurgia, em outubro, e foi quado eles descobriram que era um câncer. 

“Boa noite. Depois do comunicado publicado pelo Alexandre, muitas pessoas mandaram mensagens de apoio, e também questionamentos sobre essa fase que estamos enfrentando. Somos transparentes com vocês e resolvemos gravar um vídeo juntos para explicar tudo que estamos vivendo”, disse Ana em seu Instagram.

“A doença é uma maneira de mostrar ao corpo e principalmente à alma a capacidade de resistência que existe em cada um de nós. O Alê é forte, guerreiro - e eu sei que vai vencer mais essa batalha! Foi muito difícil gravar, mas era necessário contar tudo para vocês. Obrigada pelas mensagens de carinho e apoio - isso nos fortalece ainda mais”, finalizou no Instagram.

EMOÇÃO:

Durante  a gravação, Alê se emocionou bastante e contou sobre o apoio que recebeu da esposa. Hickamann explicou que a doença estava no estágio inicial e que isso era uma ótima notícia. 

"Ele tem sido um guerreiro, pois a radioterapia é todos os dias. Alguns efeitos colaterais já começaram a aparecer, desconforto, mal-estar, coisas que a gente sabe que tende a piorar, mas nós vamos vencer", falou. 

Veja: