Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / EITA!

Aline Riscado está sendo processada por descumprir contrato e empresa cobra R$ 60 mil de indenização

Segundo colunista, a bailaria não teria feito o cronograma de publicidades como foi combinado com a empresa

Redação Contigo! Publicado em 06/10/2021, às 17h06

Aline Riscado está sendo processada por descumprir contrato e empresa cobra R$ 60 mil de indenização - Reprodução/Instagram
Aline Riscado está sendo processada por descumprir contrato e empresa cobra R$ 60 mil de indenização - Reprodução/Instagram

Aline Riscado está sendo processada por não cumprir uma campanha nas redes sociais como foi combinado em contrato.

Segundo a colunista Fábia Oliveira, a bailarina foi contratada para uma campanha com duração de três meses, com um cachê de R$ 60 mil, em três parcelas de R$ 20 mil cada. A publicidade seria postada de forma quinzenal e equivaleria a R$ 10 mil por postagem, com produtos previamente indicados.

Ainda segundo a colunista, a empresa afirma a justiça que teria pago em fevereiro, R$ 20 mil, e no mês de março outra parcela no mesmo valor. Entretanto, uma única postagem de stories teria sido feita em fevereiro em sua rede social. A Dmg Comércio e Serviços acionou a Justiça de São Paulo para pedir devolução de valores pagos a influenciadora, e cobrar uma multa por descumprimento contratual.

"Sem qualquer justificativa, a ré (Aline Riscado) somente realizou a divulgação de dois únicos 'stories' na sua rede social 'Instagram', sendo a primeira no mês de fevereiro e a última no início do mês de março do corrente ano", afirma a contratante nos autos da ação. A campanha deveria ter durado até maio.

Antes de entrar na Justiça, no mês de abril, uma notificação extrajudicial foi enviada a atriz, e o pedido era unicamente para a devolução de R$ 20 mil pagos, de forma amigável e sem aplicação de multa, mas sem êxito.

Agora, a empresa cobra 60% referente a multa contratual (R$ 36 mil). Há, ainda, a cobrança para a devolução de 50% dos valores pagos (R$ 20 mil).  A ação tramita perante a 3ª Vara Cível do Foro Regional II, de Santo Amaro, São Paulo, e é movida contra Aline Riscado, Riscado Eventos, e Rodrigo Riscado, que já foram recentemente citados da ação, cujo valor atribuído a causa é de R$ 61.600,00. 

GATA!

Aline Riscado roubou a cena nesta sexta-feira (24) ao compartilhar uma sequência de cliques em que aparece em cima de uma moto.

Com look composto por calças, jaquetas e camiseta, a musa surgiu fazendo acrobacias e chamou atenção dos seguidores ao ostentar muita flexibilidade.