Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Por dentro dos bastidores do Tá no Ar – A TV na TV!

Os comediantes não poupam ninguém e batem recorde em fanpage com paródia musical

Por Bianca Portugal Publicado em 05/04/2016, às 21h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Bastidores Tá no Ar - Globo
Bastidores Tá no Ar - Globo
O controle remoto do humorístico Tá no Ar: A TV na TV (Globo) está cada vez mais frenético. Na terceira temporada, os comediantes que lideram o programa, Marcelo Adnet e Marcius Melhem não estão poupando ninguém. E, para ajudá-los na arte do humor, desta vez eles contaram com 39 colaborações especiais em 12 episódios. “Sou fã. Queria muito participar e fiquei muito feliz quando o Adnet me falou que eles queriam que eu fosse a esposa do Tony Karlakian. Dou muita risada com esse quadro”, contou Dani Calabresa, que na vida real também é casada com Marcelo Adnet. O Tony Karlakian citado por ela é o rico protagonista do Balada Vip, um dos momentos fixos do programa. “O Antonio Fagundes ter feito o quadro Não se Reprima, cantando como Menudo, chamou a atenção de outros artistas”, explicou Adnet, justificando o número de participações especiais. O programa manteve outros quadros antigos, como o Jardim Urgente e o Povo Fala. “Essa temporada se propõe a falar sobre a intolerância e a coexistência”, contou Marcius.

Georgiana Goés, Veronica Debom, Luana Martau, Marcio Vito, Mauricio Rizzo, Carol Portes, Mascius Melhem e Renata Gaspar fazem selfies com caracterização de época
Desde que saiu do Jornalismo, o apresentador Tiago Leifert, agora no É de Casa, está liberado pela emissora para fazer anúncios publicitários. Ele também participou do Tá no Ar, vivendo um garoto-propaganda que incomoda as pessoas em um supermercado e, desajeitado pela falta de experiência, faz um homem enfartar. “Desculpa, eu sou novo na publicidade”, se diverte.
Entre as novidades, as brincadeiras com os canais internacionais já caíram no gosto do telespectador. Mas são as paródias musicais que conquistam cada vez mais fãs. Uma delas, Chico Buarque de Orlando, uma versão politicamente de direita do cantor Chico Buarque de Holanda, 71, foi recorde na internet. Disponibilizado na fanpage do programa, o episódio atingiu 1,2 milhão de visualizações em menos de 24 horas. Até a assessoria do cantor afirmou que ele também achou muita graça na brincadeira de Adnet.
A previsão é que a temporada do humorístico deste ano fique no ar até 5 de abril. Não se sabe ainda se haverá uma quarta temporada. “Tenho vontade de fazer muita coisa ainda... Acho o formato talk-show excelente”, contou Adnet, deixando ainda em aberto seu futuro na emissora. Mas descartou novelas: “Não penso em fazer, não é o meu lugar”. 
Marcius Melhem é "envelhecido" pelo cabeleireiro Guilherme Messiner enquanto recebe orientações do diretor, Vicente Barcellos