Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Exclusivas / Orgulhoso!

Pantanal: Marcos Palmeira dedica papel a ator e descarta comparação: “Livre”

Marcos Palmeira avalia seu retorno à trama e dedica papel para Claudio Marzo, que viveu José Leôncio na primeira versão

Gabriela Cunha Publicado em 23/03/2022, às 15h11

O ator Marcos Palmeira avalia seu retorno a trama e dedica papel a ator marcante da versão original; o veterano será José Leôncio na segunda fase da trama - Reprodução/TV Globo
O ator Marcos Palmeira avalia seu retorno a trama e dedica papel a ator marcante da versão original; o veterano será José Leôncio na segunda fase da trama - Reprodução/TV Globo

Faltando cinco dias para a estreia de Pantanal, o ator Marcos Palmeira está animado para viver José Leôncio na segunda fase da novela. Ele não esconde o orgulho de viver o papel que foi de Claudio Marzo na versão original.

Durante a coletiva de imprensa de divulgação do folhetim, o ator comemorou o retorno ao universo pantaneiro - ele é um dos artistas que esteve na primeira versão da obra e que estará de volta no remake.

“Para mim, está sendo uma experiência incrível. De chegar nessa fase da vida, com quase 60 anos, e receber um presente desse", declara.

O artista complementa dizendo que se surpreendeu ao receber o papel de tamanha responsabilidade após anos de participar da versão original: "Foi uma surpresa,  uma virada na minha carreira. São trinta e dois anos depois e um novo tempo", diz ele sobre as mudanças de época entre a novela exibida em 1990 e o remake.

Ao ser questionado sobre as semelhanças e diferenças das duas versões de Pantanal, o ator foi direto e acredita que a nova trama não será parecida com a original: “A gente realmente está pegando uma nova novela e não tem nada a ver com aquela novela [primeira versão]”, destaca Palmeira, que continua explicando:

“Acho que já está todo mundo muito livre. São novas camadas que a gente está trazendo para esse Pantanal, já que na época era uma novela de obra aberta e agora a gente tem a obra inteira”, avaliou o ator. 

DEDICAÇÃO A CLÁUDIO MANZO

No papel de José Leôncio na fase adulta, Marcos Palmeira não deixo de falar do saudoso Cláudio Marzo, ator que interpretou o mesmo personagem na primeira versão da novela. Com sensibilidade, o artista diz que esse papel é dedicado ao ator, que faleceu em 2015, mas que os dois não tem nenhuma ligação:

"Por mais que eu dedique esse trabalho ao Cláudio Marzo, mas o meu José Leôncio não tem nenhuma ligação com o dele. Assim como o Tadeu do José Loreto não tem nenhuma ligação como o meu Tadeu, mas acho, obviamente, que trago coisas da época que me ajudam nessa novela", explica o ator. 

Animado, o veterano ainda falou sobre a reação do público em relação à história da novela. Ele diz que as pessoas conhecem mais a trama do que ele mesmo: “O curioso é perceber que o público conhece mais a novela do que a gente. A novela foi tão vista pelas pessoas”. 

O remake de Pantanal é escrita por Bruno Luperi, baseada na novela original escrita por Benedito Ruy Barbosa. Com direção artística é de Rogério Gomes