Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Nikolas Antunes: Ele ainda quer ser galã

Irreconhecível como o capanga Simão em Liberdade, Liberdade, o ator pernambucano diz que aguarda seu grande momento na TV

Por Tatiana Ferreira Publicado em 12/05/2016, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Irreconhecível como o capanga  Simão em Liberdade, Liberdade,  o pernambucano Nikolas Antunes diz que aguarda seu grande momento na TV - Fotos: Pino Gomes
Irreconhecível como o capanga Simão em Liberdade, Liberdade, o pernambucano Nikolas Antunes diz que aguarda seu grande momento na TV - Fotos: Pino Gomes

Para quem espera ver Nikolas Antunes exibindo seu tanquinho cultivado com corrida, surfe e acroyoga – mistura de ioga e acrobacia –, esqueça! No ar em Liberdade, Liberdade (Globo), novela das 11, o bonitão aparece irreconhecível na pele do bandido Simão, capanga de Mão de Luva, vilão interpretado por Marco Ricca. Com prótese nos dentes, cicatriz no rosto e lente de contato em um dos olhos, ele deixou a vaidade de lado para mergulhar de cabeça no universo de seu personagem. “Viver o Simão, mesmo que ele seja feio para alguns, tem sido sensacional para mim como ator. A caracterização vem como uma poderosa ferramenta para compor o personagem. Estou realmente muito feliz com essa oportunidade.” Com 17 anos de carreira, o pernambucano, que já fez participações em Babilônia (Globo, 2015), O Rebu (Globo, 2014), entre outras, está encantado com o novo trabalho e não esconde a empolgação ao falar do capanga. “Ele é um sujeito imoral, gosta de ser bandido e não tem limites. É mais um desafio! Um cara cheio de nuances e de uma maldade que até hoje não havia interpretado. Tenho de matar um leão por dia”, diz ele, que sonha com a oportunidade de interpretar um mocinho no futuro. “Já vivi bandido, garoto de programa, mendigo... minha hora de galã vai chegar (risos)!”


À esq. Nikolas como o bandido Simão. À dir., o ator no ensaio exclusivo para a CONTIGO!



UM LUGAR QUE RESPIRA HISTÓRIA

Viajar está entre os programas preferidos de Nikolas. Durante as primeiras gravações de Liberdade, Liberdade, o ator esteve em Tiradentes, Minas Gerais, e se encantou com o lugar. “Não conhecia! Lá é mágico! Respira histórias, muitas delas não contadas. Foram 15 dias de experiências maravilhosas. O lugar que mais me marcou foi a Gruta do Salitre”, lembra ele, saudoso, sobre o monumento natural, que serve de ponto turístico, localizado a 9 quilômetros de Diamantina.