Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Exclusivas / EITA!

Miss Bumbum caminhoneira é demitida após mostrar seu corpo em concurso: “Humilhação”

Juli Figueiró, que é Miss Bumbum Rio Grande do Sul e caminhoneira, foi demitida e ridicularizada por causa de suas roupas

Luisa Scavone Publicado em 07/07/2022, às 23h55

Miss Bumbum caminhoneira é demitida após concurso - Divulgação
Miss Bumbum caminhoneira é demitida após concurso - Divulgação

Caminhoneira e Miss Bumbum! Juli Figueiró é a mais nova Miss Bumbum Rio Grande do Sul, mas, mesmo aproveitando a conquista, ela também enfrenta muito julgamento e pressão. Isso porque ela presta serviço como caminhoneira e passou a lidar com o assédio de algumas empresas que trabalha. A blogueira contou que foi demitida de uma transportadora depois de mostrar seu lado mais sexy no concurso. Eita!

Antes mesmo do concurso a Miss Bumbum já enfrentava situações parecidas por causa das roupas que usava. “Já rolava uma pressão por roupas justas. Eu usava calça legging, por exemplo, para dirigir mais confortável, mas o pessoal da empresa sempre me advertia. Eles pediam para trocar de roupa para entrar na empresa e carregar o caminhão”, revelou.

O bumbum sempre chamou atenção no trabalho: “Pegavam no meu pé até com calça jeans, só porque meu bumbum é grande”, contou. “Sofria essa pressão todos os dias, mas acabava lidando porque tinha que trabalhar. O Miss Bumbum foi a gota d’água, me desligaram por isso”.

Miss Bumbum é demitida após concurso

Crítica nas redes sociais e estradas

Mas não são apenas as empresas que a discriminam. Juli Figueiró contou que também enfrenta críticas nas redes sociais, é bombardeada de comentários machistas, e nas estradas que passa durante o trabalho, onde já foi ridicularizada por ouras mulheres.

“As pessoas se incomodam com o meu jeito de vestir. Mulheres já me abordaram na estrada para falar que não tenho vergonha na cara, que quero me exibir para os homens e que estou no caminhão só para mostrar meu bumbum. Me chamavam de ridícula”, disse.

Mesmo com as dificuldades que enfrenta, aprendeu a não se importar com o que os outros pensam a seu respeito. “Hoje não ligo, mas já cheguei a pensar em desistir de ser caminhoneira. É uma pressão muito grande, uma humilhação mesmo”, comentou.

Após vencer como o bumbum mais bonito do Rio Grande do Sul, agora ela se prepara para competir pelo bumbum mais bonito o Brasil. Ela é a terceira mais votada, garantindo assim sua vaga no desfile final. “Entrei para ganhar e vou surpreender os jurados na final”, garantiu.

Miss Bumbum é demitida após concurso