Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Exclusivas / NA TV!

Mês do Orgulho: Sete séries com personagens LGBTQIA+ no protagonismo para maratonar

Drama, ficção científica, comédia e muita ação; relembre ainda a primeira heroína transexual na história da TV

Paloma Tavares Publicado em 09/06/2021, às 15h10

Séries com temáticas LGBTQIA+ para maratonar
Séries com temáticas LGBTQIA+ para maratonar - Divulgação

Celebrando o mês do Orgulho LGBTQIA+, celebrando anualmente em junho devido às manifestações que aconteceram no mesmo mês cera de 30 anos atrás, decidimos fazer um especial com algumas séries com personagens diversos no protagonismo.

Abaixo, listamos sete séries que contam histórias vividas por mulheres lésbicas e bis, homens gays, além de pessoas trans. Com ação, drama, comédia e até heróis, abaixo temos shows para todos os gostos.

Legends Of Tomorrow

Derivada de Arrow, Legends Of Tomorrow tem como protagonista Sara Lance (Caity Lotz), que nasceu na série do herói com flecha. Atualmente em sua sexta temporada, contendo cinco na Netflix, a série de heróis, e vilões que viram mocinhos, é regada de muita comédia.

Sara, uma mulher bissexual, vive alguns romances no decorrer da série, até encontrar sua metade da laranja. Sem muitos spoilers, podemos garantir que, além de Lance vivendo muitos amores ao decorrer dos episódios, a série apresenta outros personagens gays, lésbicas e bissexuais.

Queer Eye

Atualmente com cinco temporadas na Netflix, Queer Eye também é uma ótima opção para quem deseja ver séries com temáticas LGBTQIA+. A trama, que é um reboot de um reality show de 2003, acompanha cinco homens gays ajudando seus participantes a ganhar confiança.

O grupo é formado por Bobby (design); Antoni (culinária); Jonathan (cuidados pessoais); Karamo (cultura) e Tan (estilo).

Euphoria

Uma das séries mais comentadas da atualidade, Euphoria não poderia ficar de fora desta lista. No protagonismo do show, temos a jovem transsexual Jules Vaughn, interpretada por Hunter Schafer, que acaba vivendo um romance com sua amiga Rue (Zendaya).

A série gira em torno de Rue, que luta contra o vício em drogas. A jovem de 17 anos, tenta levar uma vida normal e se manter limpa, após sair de uma reabilitação. Vale destacar que o show rendeu a Zendaya um Emmy de Melhor Atriz, em 2020.

The OA

Apesar de seu cancelamento precoce, após duas temporadas, The OA, que mistura ficção científica, drama, suspense e fantasia, fez sucesso entre os fãs. A trama acompanha a história de um grupo de jovens que tentam ascender a dimensões paralelas e tem um jovem transexual no protagonismo.

O personagem Buck Vu, vivido por Ian Alexander, ainda está entendendo seu corpo e é obrigado a recorrer ao vendedor de drogas locais para conseguir hormônios, já que sua família não entende ou aceita o fato de ele ser um homem trans.

One Day At A Time

Atualmente com quatro temporadas, com a última no comando da Pop TV, após a Netflix cancelar o show, Onde Day At A Time conta a história de uma família de imigrantes cubanos vivendo nos Estados Unidos.

Filha mais velha da protagonista, Elena e vivida por Isabella Gomez. A personagem, nascida nos Estados Unidos, tem a coragem de, aos 14 anos, contar a sua família que é lésbica. Ao decorrer da série, ela vive um romance com Syd (Sheridan Pierce).

AJ and The Queen

Ruby Red (RuPaul) é uma drag queen que viaja por todos os Estados Unidos para se apresentar em clubes e casas de shows. O que ela não esperava era um encontro repentino em sua vida.

Durante uma de suas viagens, ela encontra AJ (Izzy G.), uma órfã desordeira e falante de dez anos de idade. As duas logo começam uma amizade improvável que muda suas vidas para sempre.

Supergirl

Apesar de ser muito conhecida, não podemos esquecer Supergirl, que além de uma mulher lésbica nos personagens principais, também foi a primeira série a apresentar uma super-heroína transexual.

Nia Nal, a Dreamer, é vida pela atriz Nicole Maines, que também é transexual. Além do personagem de Nia, o show conta com Alex Danvers, irmã de Supergirl, uma mulher lésbica. Alex é vivida por Chyler Leigh, que recentemente assumiu ser bissexual.