Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Marcus Majella estreia comédia no teatro, protagoniza filme e prepara volta à TV

Sensação do humor, o ator já pensou em desistir da carreira diante das dificuldades

Redação Contigo! Publicado em 02/06/2017, às 18h19 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Marcus Majella - Divulgação
Marcus Majella - Divulgação
Quando o assunto é humor o nome dele é uma referência de boas risadas.  
Marcus Majella é o tipo de humorista que sabe conduzir a piada, sem ofender ou ultrapassar os limites do bom senso tão questionado nos dias de hoje. "É tão bom fazer as pessoas rirem, e fazer isso com leveza. O humor não pode ser uma forma de agressão. Acredito no humor como ferramenta de transformação, como a arte é em si. Você traz questionamentos com a arte. Uma piada pode ser uma forma de reflexão. Gosto desse cuidado. É quase aquilo: não faço com o outro o que não gostaria que fizessem comigo", conta Majella.

E quem gosta de humor, Majella é um prato cheio. E o cardápio é variado. Nesta sexta-feira (16), o ator estreia o espetáculo Desesperados, no teatro Oi Casa Grande, na zona sul do Rio de Janeiro, junto com os atores Pablo Sanábio e Pedroca Monteiro. "É uma peça bem divertida. Falamos solidão, mas de forma bem engraçada. Nós três interpretamos 40 personagens ao longo da história. São os tipos mais variados e loucos (risos). São situações que as pessoas se identificam, não tem como. E isso é o grande barato da peça", explica o humorista, que faz o convite: "Pessoal, vem nos assistir. Vem se divertir com a gente. No fim, a gente faz uma selfie babadeira (gargalhadas)".

A boa fase também pode ser conferida nos cinemas, com o filme Um Tio Quase Perfeito, no qual interpreta o protagonista da obra, que estreia dia 15 de junho. "Faço o Tio Tony, que é despejado e vai morar na casa da irmã, que tem três filhos. A ideia era ficar uma noite, mas ele vai prolongando (risos). E isso gera mil e uma confusões", adianta o ator, que não se ilude com o posto de protagonista: "Minha carreira foi feita degrau por degrau. Nada aconteceu de um dia para o outro. Comecei fazendo vídeos na internet, veio o Marquinhos, do 220 Volts, o trabalho com o Porta dos Fundos, depois o Vai Que Cola, o Ferdinando Show, enfim,  uma conquista após a outra. Fico muito feliz por trabalhar com o que amo e ver o resultado de tanta dedicação e esforço".

Para os saudosos de seu mais famoso personagem, o concierge Ferdinando, Majella traz boas novas. Além da estreia da nova temporada do Ferdinando Show, prevista para 9 de agosto, o ator já está a todo vapor, gravando a nova temporada do Vai que cola.
"Vem muita história nova e bacana no programa. Ferdinando vem com tudo!", fala Majella, que não reclama do ritmo intenso de trabalho: "Em 2009, eu estava sem ter como pagar meu aluguel. Pensei em desistir. Não posso reclamar de trabalho. Amo o que faço e posso viver disso. É uma alegria. Que venham muitos trabalhos".