exclusivas   / #MEMÓRIACONTIGO

Há 20 anos, noiva em fuga de 'Uga Uga' virou hit e consagrou Mariana Ximenes

Ícone de estilo, carismática e indomável, personagem vivida pela atriz aos 18 anos ainda está na memória do público

Gustavo Assumpção Publicado terça 19 janeiro, 2021

Ícone de estilo, carismática e indomável, personagem vivida pela atriz aos 18 anos ainda está na memória do público
Bionda em Uga Uga - TV Globo

Tererês, brincos gigantes, colares de conchas e jeans de cintura baixa. Se você era adolescente há 20 anos certamente foi influenciada pela Bionda, personagem de Mariana Ximenes em Uga Uga.

Há exatamente duas décadas ia ao ar o último capítulo da novela de Carlos Lombardi. Mistura de HQ policial com séries de aventura, a trama do índio Tatuapu (Claudio Heinrich), um branco criado em uma aldeia indígena e herdeiro de um império industrial, divertiu o público. Como não lembrar de Baldochi, o machão insuportável e ultrapassado vivido por Humberto Martins?

Falta de camisas e camisetas à parte, Uga Uga marcou definitivamente o desabrochar de Mariana Ximenes, então uma jovem promessa da TV. Da estreia em Fascinação, novela do SBT exibida em 1998, ela vivia uma sequência de três trabalhos praticamente seguidos na Globo: além de uma participação no seriado Sandy & Junior (1998), ela também havia participado de Andando nas Nuvens (1999) e Força de um Desejo (2000).

Mas nada se comparava ao talento que a atriz demonstrou como a Bionda, criação que rapidamente caiu nas graças do público. Partindo do clichê da "noiva em fuga", o autor construiu uma personagem carismática, divertido e que servia de ícone fashion - mérito da figurinista Marília Carneiro que se inspirou no visual da própria filha. Moderna, mas com ares retrô (como os cintos anos 70), ela ditou a moda do tererê - que a personagem usava nos cabelos, amarrados nos braços e até no pescoço.

“Eu adorava essa personagem. Era muito gostoso de fazer”, disse ela recentemente ao relembrar o papel. Na época, ela chegou até a virar boneca: a Susi lançou uma edição especial com o figurino e os traços da atriz. 

COMO ASSIM?

Com apenas 18 anos na época, a jovem estrela se viu em um papel desafiador. Ela se jogou e dispensou até o uso de dublês, muito comum em novelas de Carlos Lombardi na época.

Recentemente, ela inclusive dividiu uma história curiosa sobre os bastidores. Uma das cenas, logo a primeira em que a personagem era apresentada ao público, quase terminou em tragédia. A revelação aconteceu durante uma participação da atriz no programa Que História é Essa, Porchat?, exibido pelo canal GNT.

Na sequência, a atriz abandonava um casamento subindo em um jet ski.

"Falaram para eu ir bem longe com o jet ski para pegar uns takes bonitos, mas eu nunca tinha andado em um jet ski. Estava eu lá vestida de noiva no meio do nada quando um barco encostou em mim e um homem disse: 'Moça, você precisa de autorização para andar de jet ski aqui'. Perguntei: 'Uma autorização tipo carteira de motorista? Olha só, moço, isso é uma filmagem, mas espera só um minutinho que eu já volto'", contou.

Jovem e sem experiência com a direção, ela se atrapalhou com os controles. Ao invés de frear, ela acelerou drasticamente e quase atropelou o ator Ângelo Paes Leme, a primeira vítima da atriz.

"Imagine uma louca vestida de noiva vindo em uma p*ta velocidade na sua direção? Ainda bem que o Ângelo teve uma sagacidade e pulou do barquinho em que estava", brincou. "Eu não tive tempo de nada. Só segurei firme e o jet ski bateu no barquinho que virou uma vez, depois virou novamente e terminei em cima do barco, petrificada. Imagine se eu fosse presa? Eu tinha que ser presa."

Uga Uga foi exibida pela TV Globo entre 8 de maio de 2000 a 19 de janeiro de 2001.

Último acesso: 25 Feb 2021 - 14:44:30 (1137179).