Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Exclusivas / Jeniffer Setti

Jey investe na carreira como cantora e leva reflexão aos adolescentes: "A música é um respiro"

Esposa do ex-técnico Oswaldo de Oliveira, Jeniffer Setti fala sobre empoderamento em suas músicas e diferença de idade em seu casamento

Laura Vicaria Publicado em 13/11/2021, às 13h15

Cantora, Jey leva reflexão feminista a adolescentes: "Presenciei violência doméstica" - Divulgação/Nilo Lima
Cantora, Jey leva reflexão feminista a adolescentes: "Presenciei violência doméstica" - Divulgação/Nilo Lima

Jeniffer Setti, conhecida artisticamente como Jey, é mãe, cantora, atriz e esposa do ex-técnico do Fluminense, Oswaldo de Oliveira. Com 12 canções lançadas e presenças marcantes em novelas, ela se mantém focada em sua carreira musical.

Em entrevista exclusiva à CONTIGO!, a artista de 35 anos destacou que suas obras buscam trazer mensagens de empoderamento e reflexões sobre o sofrimento da mulher na sociedade brasileira. A artista até mesmo já fez colaborações com Zezé Motta e Angela Roro para tratar desse assunto em suas músicas.

“Eu sempre falo que eu sou muito mais humanista que feminista. Luto por essa causa porque presenciei problemas de violência doméstica com os meus pais”, revelou ela à revista.

Inclusive, em seu novo lançamento, Boto Fé, ela destaca a importância da autoestima nas mulheres que estão em uma relação amorosa: “A música é um respiro para que a mensagem chegue no público mais jovem. E o entendimento sobre a liberdade e os direitos das mulheres comece na base dos jovens e adolescentes”.

O CASAMENTO

Mesmo travando diálogos sobre romances problemáticos, a cantora garante que seu casamento com Oswaldo de Oliveira, de 70 anos, nem chegou perto de ser uma relação abusiva. Casados há 21 anos, o casal tem um filho, Guilherme, e, segundo a musa, o ex-técnico sempre foi um “gentleman”.

Com uma diferença de idade de 35 anos entre os pombinhos, Jey deixa claro que a distância entre as gerações não atrapalha o casamento que já durou duas décadas.

“Nunca foi um problema no meu relacionamento, pelo contrário. Nossa base sempre foi o respeito. Estou casada há 20 anos e nunca deixei de fazer absolutamente nada relacionado a minha geração”, conta.

E, apesar das críticas, a atriz diz que a opinião alheia não atormenta o casal: “Depois de duas décadas... Até quem falou ou duvidou já se separou! (risos). Isso nunca nos incomodou.”

Oswaldo de Oliveira tem outros dois filhos, Nathalia e Gabriel de Oliveira, frutos de um casamento anterior. Sobre a relação com os outros herdeiros do marido, a cantora afirma que sempre houve carinho.

“Eles são meus filhos também!”, disparou ela. “Somos todos amigos e nos respeitamos. Eles já tiveram relacionamentos, já casaram e se divorciaram, mas eu continuo com o pai deles. Acho que isso explica tudo."

VIDA DE ATRIZ

Apesar de ter uma carreira focada na música, nem sempre foi assim. De fato Jeniffer se encontrou no mundo artístico em 1999, quando começou a soltar a voz em musicais teatrais, mas foi em 2013 que ela chegou aos holofotes.

Com um contrato assinado pela RecordTV, a artista trabalhou como atriz em quatro novelas da emissora, incluindo Os Dez Mandamentos na qual interpretou a personagem Safira. Ela também fez participações na TV Globo e deu a vida à Nalva de A Dona do Pedaço.

Quando questionada pela revista se pretende voltar às telinhas, Jey pontuou que está focada em sua carreira de cantora: “Com essa pandemia foi inevitável parar de atuar porque o mercado do audiovisual parou completamente. Mas a dramaturgia faz parte da minha vida, é meu refúgio que inclusive me ajuda a compor minhas músicas.”