Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Bye-bye, rainha!

Após se despedir de Nefertari, de Os Dez Mandamentos, Camila Rodrigues revela que o casamento trouxe a tão sonhada paz e que não vê a hora de engravidar

Ligia Andrade Publicado em 06/12/2015, às 14h58 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Camila Rodrigues - César Alves
Camila Rodrigues - César Alves
Sombra, sol e água fresca. É tudo o que Camila Rodrigues, 32 anos, quer depois do sucesso da novela bíblica Os Dez Mandamentos, da Record, que chegou ao fim em novembro. A intérprete da rainha do Egito Nefertari tirou dez dias de férias para descansar nas areias do Nordeste ao lado do marido, o empresário Roberto Costa, 34. "Meu lema é não fazer nada. Quero comer muitos frutos do mar", revela a atriz na cidade cenográfica do folhetim, no Rio. Camila terminou o trabalho com a sensação de dever cumprido. "Não só a sensação, mas pelo resultado. Agradeço a Deus todos os dias por este ano maravilhoso", reconhece. Da personagem, ela pretende ficar com um colar de recordação. "Estou namorando um para emoldurar. Se pudesse, pegaria tudo, acho as roupas fabulosas."
A atriz passou máquina quatro nas longas madeixas para dar vida a Nefertari. O resultado agradou. "Adorei o cabelo curto, é prático, não tenho apego, só nunca teria feito isso", confessa. Agora, quer deixar os fios crescerem naturalmente. "Eu me senti mais nua no início, foi engraçado. Particularmente, não gosto de megahair, acaba com meu cabelo. É claro que, se precisar colocar para uma personagem, como precisei raspar, tudo bem."
Na verdade, quem sente falta do visual antigo é o maridão. "Beto gostou do meu cabelo curto, mas sente falta, fala: 'Ah, amor, deixa o cabelo crescer...' Ele tem o próprio gosto, o bom é que há várias mulheres em uma só", brinca. A atriz avalia a mudança até em sua postura. "Fiquei mais empinada". Perder ou não a sensualidade não chegou a ser uma preocupação. "A idade traz maturidade. Eu me senti superbem de cabelo curto. A sensualidade está em quem você é, não no fato de ter bunda durinha, cabelo... Nossa preocupação muda, isso passa. Mas claro que tenho de me cuidar. Sou vaidosa, sim."


ENFIM, A PAZ
Há três anos com Roberto, Camila garante que o segundo matrimônio - ela já foi casada com o ator Bruno Gagliasso, 33 - só trouxe mudanças positivas para sua vida. "Principalmente na questão de olhar para o mesmo lugar. Sempre fui inquieta, ansiosa, queria fazer tudo ao mesmo tempo, não fazia nada para alcançar meu objetivo ou não priorizava", conta. A história de amor entre a atriz e o empresário começou pelo Facebook. "Ele morava perto de Porto Alegre e fomos a uma partida de tênis no Rio, foi bem legal. À noite, fomos para um barzinho com amigos e seguimos para uma noitadinha. Só que a festa era bem alternativa e eu não sabia! Os amigos dele foram embora, e a gente curtiu muito. Lembro que nós estávamos andando para pegar alguma coisa - já de mãos dadas - e ele me puxou e me deu um beijo. Foi algo muito natural", recorda apaixonada.
A atriz é só elogios ao companheiro de jornada. "Ele me trouxe pé no chão, tranquilidade de querer estar junto, temos os mesmos objetivos: querer ter um filho, construir nossa vidinha...". No passado, Camila admite que buscava a felicidade em coisas superficiais. "Depois que conheci o amor de verdade, a cumplicidade e a parceria acalmaram meu coração, minha alma". Essa paz pela relação por si só foi algo que jamais poderia imaginar. "Simplesmente acontece. Até pouco tempo relutei contra isso. Dizia que não era o que queria da vida. Mas posso viajar, fazer tudo isso com a pessoa que amo."


DESEJO DE SER MÃE
Ao assistir às cenas de beijo da mulher na TV, Roberto usou algumas táticas. "Ele pegava o telefone, fechava o olho... Era esquisito, né? Nada além disso, Beto não é ciumento". O maior desejo de Camila é o de ser mãe e ela não esconde. "Estou deixando rolar". Em janeiro, a atriz começa a gravar a série Sem Volta, da Record,. "Estou muito empolgada, fui atrás desse projeto. Preciso agora de algo completamente diferente". Camila garante que a gravidez não será empecilho. "Sou desregulada, não sei se vai vir tão rápido como a gente gostaria. E, se vier, não vai prejudicar, não vou ter barriguinha", garante.