Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Exclusivas / Emoção

Autor de 'Quanto Mais Vida Melhor' lamenta relação entre a trama e o acidente de Marília Mendonça

Próxima novela das 7 começa com acidente aéreo; autor classificou situação como "fatalidade"

Redação CONTIGO! Publicado em 10/11/2021, às 14h45

Mauro Wilson adiantaram as emoções da próxima novela das 7 que tem estreia prevista para o próximo dia 22 - Reprodução/TV Globo/ Instagram
Mauro Wilson adiantaram as emoções da próxima novela das 7 que tem estreia prevista para o próximo dia 22 - Reprodução/TV Globo/ Instagram

Quanto Mais Vida, Melhor! chega às telinhas da Globo no dia 22 de novembro e promete grandes emoções. Com a estreia se aproximando, parte do elenco da próxima novela das 7 - o autor, Mauro Wilson, e o diretor artístico Allan Fiterman - se reuniram nesta quarta-feira (10), em um encontro virtual com a imprensa.

No bate-papo, a leveza entre a equipe e o elenco é notada, adiantando como será o clima da novela em si. A obra inédita será focada nas histórias de Neném (Vladimir Brichta), Paula (Giovanna Antonelli), Guilherme (Mateus Solano) e Flávia (Valentina Herszage), que sofrerão um acidente aéreo e acabarão tendo um encontro com a Morte - em "pessoa".

Quatro pessoas completamente diferentes que após encontrar a morte iniciam um objetivo em comum: viver. Após a colisão do avião, os quatro chegam ao céu e ganham uma segunda chance da Morte (A Maia). Um deles, no entanto, terá apenas mais um ano de vida e morrerá de verdade no final da novela.

"A novela acontece depois da pandemia, um pouco a frente desse momento que estamos vivendo e mostra seus reflexos", adianta Mauro.

Ele ainda fala o que serão os reflexos da pandemia: "A Terrare da Paula sofre um processo de falta de grana por causa da pandemia. O pai da Flávia perdeu o emprego na pandemia. No salão da Nedda, os fregueses sumiram por causa da pandemia".

Em 'Quanto Mais Vida, Melhor!', Guilherme (Mateus Solano), Paula (Giovanna Antonelli), Flávia (Valentina Herszage) e Neném (Vladimir Brichta) ganham segunda chance da Morte — Foto: Globo

Com a trágica morte de Marília Mendonça, o autor estreante foi questionado sobre o acidente aéreo que ocorre nos primeiros capítulos de sua trama. Ele revela que o motivo para a escolha de um acidente para unir os quatro protagonistas não teve um motivo específico: "Foi uma fatalidade [morte de Marília Mendonça] e a vida escreve roteiros ruins. Porque tem um acidente? É que eu precisava de um local que unisse eles e que nenhum tivesse culpa".

"A morte não representa o fim, mas ela é o destino. [A novela] é muito mais destino, algo que ainda vai acontecer com as quatro pessoas e todos que estão em volta delas".

COMO SURGIU A IDEIA DE QUANTO MAIS VIDA, MELHOR!

Mauro Wilson viveu uma experiência de quase morte antes da criar a história da trama. O escritor relembrou que há 16 anos se engasgou em casa enquanto estava sozinho. No momento em que tentava se salvar, seus únicos pensamentos foram no que ele perderia se morresse: 

"A novela partiu de um especial que fiz em 2005, "Os Amadores", que eram 4 homens que morrem no mesmo dia e voltam juntos. Quando tive essa ideia, foi engraçado: eu tinha 40 anos e quase morri. Me engasguei sozinho em casa e não conseguia respirar. Foi horrível, não tinha ninguém pra ajudar. Eu só pensava em tudo o que ia perder. E veio a ideia de que aquilo seria uma segunda chance", lembrou o autor.

PRIMEIRA CHAMADA

O primeiro vídeo apresentando todos os protagonistas deQuanto Mais Vida, Melhor foi lançado nesta terça-feira (2). Escrita por Mauro Wilson, a trama inédita estreia dia 22 de novembro, substituindo a reprise de Pega Pega.

No vídeo, o grande destaque é na morte dos quatro protagonistas após um acidente de avião. Paula (Giovanna Antonelli), Flávia (Valentina Herszage), Guilherme (Mateus Solano) e Neném (Vladimir Brichta) são pessoas completamente diferentes que depois de encontrar a morte iniciam um objetivo em comum: viver.

Após a colisão do avião, os quatro chegam ao céu e ganham uma segunda chance da Morte (A Maia). Um deles, no entanto, terá apenas mais um ano de vida e morrerá de verdade no final da novela.