Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Coronavírus / TRISTEZA

Morre padre que cedeu respirador para que doente mais jovem pudesse sobreviver ao coronavírus

Sofrendo com o coronavírus, ele tomou uma decisão que virou exemplo em todo o mundo

Redação Contigo! Publicado em 24/03/2020, às 15h41 - Atualizado em 01/05/2020, às 22h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Morre padre que cedeu respirador para que contaminado mais jovem pudesse viver - Reprodução
Morre padre que cedeu respirador para que contaminado mais jovem pudesse viver - Reprodução

Entre tantas vítimas da Covid-19 na Itália, uma comoveu os fãs nesta terça-feira, 24: faleceu o padre Giuseppe Berardelli, de 72 anos.

Ele ficou conhecido por passar por um momento inacreditável: contaminado e sem os equipamentos necessários para o seu testamento, ele contou com a ajuda de fiéis. Eles fizeram uma vaquinha e compraram um respirador para o pároco.

Só que Berardelli acabou tomando uma decisão que poucos tomariam: ele cedeu o aparelho para salvar a vidade um paciente mais jovem.

Da janela do povoado em que vivia, moradores aplaudiram por vários minutos após a confirmação da morte.

As informações são de veículos italianos que reportam que mais de 50 padres já foram vítimas da doença na Itália.

MORTE NO BRASIL

A socialite Mirna Bandeira de Mello faleceu aos 71 anos nesta segunda-feira, 23, após não resistir à complicações da Covid-19. Ela estava internada no hospital Samaritano, no Rio.

Mirna foi supostamente infectada em um noivado da alta sociedade carioca em que 37 convidados já apresentaram sintomas. Após a festa, ela viajou para o Uruguai, onde apresentou os primeiros sintomas. Ao saber do resultado positivo de alguns amigos, voltou imediatamente ao Brasil onde foi internada. Outros amigos da socialite seguem em estado delicado.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!