Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
BBB / DESABAFO

Preocupada, Sarah Andrade busca ajuda após o BBB21 e faz desabafo sobre a fama: "Não é fácil digerir"

Em entrevista, loira conta como está lidando com o período de adaptação ao mundo externo; veja

Redação Contigo! Publicado em 17/06/2021, às 11h12

Preocupada, Sarah Andrade busca ajuda após o BBB21 e faz desabafo sobre a fama: "Não é fácil digerir" - Reprodução/Instagram
Preocupada, Sarah Andrade busca ajuda após o BBB21 e faz desabafo sobre a fama: "Não é fácil digerir" - Reprodução/Instagram

A ex-BBB Sarah Andrade revelou que está buscando ajuda de profissionais após o BBB21.

É que embora esteja conseguindo lidar bem com a fama, ela quer evitar algum problema com sua saúde mental a longo prazo. Por isso, ela começou a fazer terapia.

"Não estou mal, continuo sendo a mulher segura que já era antes. É mais para entender a minha nova realidade, essa nova 'persona'. Estou com aquela sensação de filme... Parece que colocaram a minha alma em um corpo que não era meu. Não é fácil digerir que agora tenho uma vida pública e que tinha um mundo de gente me esperando aqui fora", afirmou ela ao "Extra".

A consultora de marketing também contou que precisa aprender a lidar com as cobranças.

"Sinto muito o peso de saber que agora estou influenciando milhões de pessoas. É o mais maluco depois de sair da casa. E os fãs querem saber do meu dia a dia, me dão muito carinho, isso é gostoso. Até as críticas construtivas que vêm deles têm sido importantes", afirmou ela.

DESABAFOU

A ex-BBB Sarah Andrade se submeteu a cirurgias plásticas quando deixou a casa mais vigiada do país e, depois de uma avalanche de dúvidas dos fãs, ela decidiu desabafar sobre os procedimentos. 

Utilizando as redes sociais, a loira confessou ter se sentindo mal no pós-operatório, relatando melancolia e baixa autoestima: "É bem difícil. Não só fisicamente, mas também para o emocional. Fiquei muito triste em alguns dias, me achando horrível. Não apareci com frequência nas redes sociais por não me sentir bem comigo mesma".