Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
BBB / POLÊMICA

Ex-BBB Renata Dávila acusa ex-marido de agressão, ameaças e falta de pensão para filha: "Até a morte"

Renata conta que o rapaz agrediu sua mãe após invadir o apartamento em que elas moravam

Redação Contigo! Publicado em 17/08/2020, às 10h16

Ex-BBB Renata Dávila acusa ex-marido de agressão e ameaças
Ex-BBB Renata Dávila acusa ex-marido de agressão e ameaças - Reprodução/Instagram

A ex-BBB Renata Dávila, a Renatinha da 12° edição, está acusando o ex-marido, Humberto Pentagna Guimarães, de tê-la agredido verbalmente, ameaça-lá e parado de pagar pensão para à filha deles, de apenas 2 anos. 

Em entrevista ao jornal Extra, a loira afirma que conseguiu uma medida protetiva na justiça para que Humberto não chegasse perto, no entanto, ele não estaria cumprindo e inclusive, havia arrombado o apartamento em que Renata mora na tentativa de impedir que ela retornasse. 

"Ao entrar no apartamento, ele ofendeu a minha mãe que tem mais de 60 anos, inclusive pegou no braço dela com força querendo tomar a chave do corredor, isso tudo com a minha presença e a de nossa filha em casa", disse. 

O relacionamento chegou ao afim a cerca de 8 meses. Segundo Renata, o rapaz sempre foi muito ciumento e a acusou de traição antes de pedir o divórcio. "O fato é que ele sempre foi muito ciumento e foi se tornando cada vez mais possessivo, por ser um empresário viajava muito. Na verdade, do que ele me acusava era o que fazia comigo, sempre me traiu e começou a me acusar de fazer o mesmo.".

A loira afirma que está afirmando o ex-marido para que ele pague a pensão para a filha, para que ela possa usufruir de uma boa condição de vida. "Está muito difícil, pois ele está usando a influência dele para poder me prejudicar, para não pagar a pensão alimentícia que está em vigor. A única coisa que quero são os direitos da minha filha para que eu possa ter um local para morar com ela e condições de manter a casa e suprimentos para ela".

No processo, está anexado áudios das agressões de Humberto. "Você comprou briga comigo e vai pagar por isso. Eu quero ir para a porrada, eu quero ir até a morte com você.", disse o rapaz em uma gravação.