Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / BBB22

BBB22: Prova que vale vaga na final decepciona público e gera críticas: "Confusa"

Prova que vale vaga na final do BBB22 deixou os participantes e quem assistia confuso; veja

Redação Contigo! Publicado em 21/04/2022, às 23h52

BBB22: Prova que vale vaga na final decepciona público e gera críticas: "Confusa" - Reprodução/TV Globo
BBB22: Prova que vale vaga na final decepciona público e gera críticas: "Confusa" - Reprodução/TV Globo

A prova final do BBB22 começou nesta quinta-feira (21) e gerou muita repercussão nas redes sociais. Valendo um carro zero quilômetro e uma vaga na final, ela confundiu os fãs.

Com a participação do público, a prova é composta por várias fases. Nela, um telão exibe ações que eles precisam executa: entrar no carro, ficar em uma base ou colocar objetos no porta-malas dos veículos.

Eles também ficam presos em uma estrutura. "Vocês vão ter que resistir a chuva, vento, calor e neblina", avisou o apresentador que fez um teste que confundiu os participantes.

Nas redes sociais, o público reclamou.  "A prova de hoje é uma junção dessas provas aqui que já aconteceram no BBB1, BBB18 e BBB19", disse um. "Enfiaram um monte de prova chata e longa só para agradar os patrocinadores. Não teve uma única prova legal em toda temporada, tudo era resistência de paciência pra gente", reclamou outro. "Que provaconfusa. Pega aquela geringonça de um BBB antigo que o carro ficava girando, e pronto", comentou outro. 

Veja:

DISCURSO POTENTE

O surfista Pedro Scooby foi eliminado do BBB22 na noite desta quinta-feira (21). Em um discurso de eliminação muito generoso, Tadeu Schmidt emocionou os telespectadores ao falar do jeito alegre e aberto às relações que ele demonstrou ao longo do jogo.

"Se tinha alguém que não sabia o que esperar, era o Scooby. Assumiu que nunca tinha participado, que não fazia questão de ganhar (...) como é que é? Muita gente deve ter pensado: "pra cima de mim com esse papinho?"(...) ele é assim mesmo, é diferente. Ele se interessa genuinamente pelo outro. Que quer ouvir as histórias do outro. Que bota a si próprio em segundo plano", declarou.