Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / BBB 22

BBB22: Léo Picon reage à "ordem" de Jade: "Há 13 dias sem fazer m*rda"

Irmão da influenciadora, Léo Picon reage à "ordem" que Jade fez na casa do BBB22 ao falar sobre sua imagem fora do reality

Redação Contigo! Publicado em 02/02/2022, às 19h52

Léo Picon responde comentário de Jade - Instagram/Globo
Léo Picon responde comentário de Jade - Instagram/Globo

Léo Picon, irmão de Jade Picon, foi assunto na casa do BBB22 na tarde desta quarta-feira (2). A influenciadora deu um puxão de orelha nele e disse que mandou ele não fazer nenhuma besteira enquanto ela estiver na casa para não prejudicar sua imagem. 

"Eu falei pra ele não fazer m*rda. Porque às vezes ele faz m*rda, e meu, eu não sou ele, mas as pessoas devem confundir e pensar, 'Meu, deve ser igual ao irmão, né?' Mas a gente é diferente. Eu falei pra ele, 'Mano, toma cuidado com o que você vai falar, por favor'". 

Horas depois, Léo Picon repostou em seu Twitter um vídeo da conversa da irmã e brincou: "Estamos há 13 dias sem fazer merda. Nosso recorde é de: 13 dias".

Antes mesmo do início do programa, o influenciador já havia virado assunto nas redes sociais ao inventar que Jade tinha lhe dado a quantia R$ 1,5 milhões para que ele ficasse longe da internet enquanto ela estivesse no reality. 

Acordou? 

A cantora Naiara Azevedo está reflexiva nesta quarta-feira (02) e segue falando sobre sua participação no Big Brother Brasil 22. Em um longo desabafo com o ator Tiago Abravanel, de quem era amiga antes mesmo de entrar no reality, ela falou sobre a estratégia de jogo.

Sincera, a artista não esconde que está se sentindo sozinha na casa e que não acredita que seja prioridade de alguém lá dentro. Após ser colocada como alguém que “tem medo de se comprometer” pelos colegas de confinamento, no último jogo da discórdia, ela garante que irá adotar outra postura.

“Eu aprendi na minha vida que não consigo levar tudo a ferro e fogo, ser transparente o tempo todo. Porque para eu conseguir chegar aonde eu quero vai demorar muito mais. É quase que um atalho. Não preciso levar aquilo para o meu coração. E até onde eu conseguir levar assim eu vou levar”, disse.