Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / EITA!

BBB22: Laís dispara sobre dois participantes: "Não estou conseguindo olhar na cara"

Irritada, Laís dispara sobre dois participantes e insinua que ranço passou dos limites; veja

Redação Publicado em 20/02/2022, às 14h19

Laís dispara sobre dois participantes - Reprodução/TV Globo
Laís dispara sobre dois participantes - Reprodução/TV Globo

A sister Laís conversou com Brunna Gonçalves e Eslovênia neste domingo (20) e abriu o coração ao falar de sua relação tortuosa com um dos brothers do BBB22.

Ela disse que seu ranço está tão pesado que ela não consegue mais nem disfarçar o incômodo. 

"Sabe qual o problema? Não estou conseguindo olhar na cara do DG e do Arthur. Não consigo trocar palavras com eles. E vai ficando cada vez pior. Eles vão vir de um por um. Se eu for para o Paredão, eu não voltar do Bate e Volta e sair, eles vão de um por um. A gente tem que se unir", declarou ela. 

Presente na conversa, Eslô prometeu que elas vão tentar de tudo. "A gente está se unindo, amiga", responde a sister. "Mas tem que ser mais", pede Laís.

Brunna Gonçalves então disse que está disposta a votar nos participantes. "Eu não tenho pena de votar nele, não", diz. "Nem eu. Agora vou em qualquer um", dispara a médica. "Não era uma pessoa que eu votaria agora, mas assim...", aponta a bailarina.

NÃO GOSTOU

A sister Larissa ficou revoltada com a postura de Natália e Eliezer na madrugada deste sábado (19) na casa do Big Brother Brasil 22. É que ela não gostou nada da pegação entre os dois na área externa. Após beberem do cooler enviado pela produção, os dois ficaram animados e protagonizaram uma troca de carícias bem intensa no jardim

"Por que não falam pra eles fazerem isso no quarto?", disse a sister visivelmente revoltada.

Lucas, que também o observada a cena, não se incomodou. "O Brasil tá vendo mesmo, que diferença faz?", disparou.  Larissa não engoliu e seguiu reclamando. "Mas ninguém tem coragem de ir lá falar".

Líder da semana, o rapaz defendeu o casal e disse que não via nada de mais na situação. "Todo mundo é livre para fazer o que quiser, quem sou eu pra falar...", avisou.