Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / Lá vem treta

BBB22: Boninho revela Jogo da Discórdia pesado e toca o terror: "Na testa"

Chefão dos realities da Globo, Boninho revela como será próxima semana e Jogo da Discórdia perigoso; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 02/02/2022, às 15h08

Boninho revela Jogo da Discórdia pesado e toca o terror - Reprodução/Instagram e Reprodução/TV Globo
Boninho revela Jogo da Discórdia pesado e toca o terror - Reprodução/Instagram e Reprodução/TV Globo

A próxima semana do BBB22 promete! O chefão dos realities da Globo Boninhorevelou nesta quarta-feira (02) o que espera os brothers e sisters na terceira semana do programa: prova de Anjo e Líder com altos riscos e um Jogo da Discórdia bem pesado.

Em um vídeo, a cabeça por trás do Big Brother Brasil contou nas redes sociais que os confinados não terão como viver na paz e amor que tanto desejam. "Além disso um paredão diferente e com muitos votos abertos", adiantou.

"A gente tá preparando uma Prova do Líder com consequências, uma Prova do Anjo com consequências e o Joguinho da Discórdia vai ser com aquela brincadeira de, ó, põe na testa o que você acha dele!", revelou o marido de Ana Furtado. Na semana passada, a prova do Anjo já mandou a última colocada, Jade Picon, direto para o Monstro, tirando a milionária do VIP sem direito a choro ou reclamação.

As contas oficiais dos participantes do programa aprovaram: "Disso que a gente gosta", dispararam os administradores das redes de Arthur Aguiar nos comentários. Confira:

PERDEU

A professora Jessilane Alves, que está confinada no BBB22, passou por uma situação inusitada. 

É que ela realizou um sonho e foi aprovada como professora substituta em um concurso promovido pela SEE-DF (Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal). 

As informações são do 'Splash', do UOL, que ainda disse que ela foi a primeira colocada no concurso. Caso aceitasse a vaga, ela teria um salário de R$ 3,8 mil ao mês. Só que a sister perdeu a chance de assumir o posto: os aprovados tinham até a manhã desta quarta-feira (2) para apresentar os documentos necessários. 

Antes do BBB, a professora Jessilane Alves, do Big Brother Brasil 22, tinha um salário de R$ 1700 por mês, revelou a irmã da bióloga, Caroline Alves. Segundo ela, o salário fixo era de R$ 1200, mais R$ 500 reais acrescidos pelo acúmulo de uma monitoria. As informações são do ‘Notícias da TV’.