Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / APOIO

BBB21: Flavia Monteiro manda recado a Carla Diaz: ''Esteja blindada diante de abusos psicológicos''

Atriz relembra época em que trabalhou com a sister na novela infantil 'Chiquititas'

Redação Contigo! Publicado em 17/02/2021, às 19h40 - Atualizado às 19h42

Atriz relembra época em que trabalhou com a sister na novela infantil 'Chiquititas' - Instagram
Atriz relembra época em que trabalhou com a sister na novela infantil 'Chiquititas' - Instagram

Flavia Monteiro usou suas redes sociais nesta quarta-feira (17) para defender a participação de Carla Diaz no Big Brother Brasil 21. Na publicação, a atriz postou uma foto da época em que as duas trabalhavam na novela Chiquititas.

“Aqui é Carol Concê e com coração cheio de amor, orgulho e saudade de pegar no colo essa pitica linda! Meu #TBT adiantado vai pra a minha filhota de alma, Carla Diaz, que nessa foto tinha só 7 aninhos. Quem lembra?”, disse ela.

A atriz falou ainda que tem sido questionada sobre as coisas que estão acontecendo no BBB, e relembrou o episódio em que Karol Conká ironizou o trabalho da sister.

“A Carlinha batalha nesse ofício desafiador e instável que é atuar desde os 2 anos. Ver pessoas duvidando da sua honestidade e espontaneidade devido à profissão é tão absurdo quanto ver gente desmerecendo a sua trajetória e falando pejorativamente de um trabalho que compartilhamos, que foi lindo e bem-sucedido, que emanou mensagens positivas e energia do bem”.

A artista disse que conhece Carla há 27 anos e que muitas vezes sente vontade de “entrar pela TV para tirá-la de uma rodinha de conversa onde a toxina rola solta”. Ela falou ainda que entende as atitudes de Diaz, já que a perspectiva de quem tá lá dento é diferente.

“Quantas vezes nós já não demoramos para perceber com clareza o comportamento tóxico de pessoas com quem convivemos? No jogo do confinamento eles tentam, buscam aprovação, se perdem... Pra eles, é preciso experimentar, pois o que nos parece óbvio, lá pode não ser. Sigo confiando na intuição e sensibilidade da Carlinhae, mais do que qualquer outra coisa, torço pra que a cabecinha dela esteja blindada diante de tantos abusos psicológicos e perseguições”, disse ela.