Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / BBB21

BBB21: Em desabafo, jornalista do 'Encontro' explica que Gilberto é negro sim: "A negritude é diversa"

Com simplicidade, ela explica questão que gerou debate nas redes sociais; entenda

Redação Contigo! Publicado em 05/02/2021, às 13h28 - Atualizado às 13h31

Colunista do Encontro explica porque Gilberto é negro - Reprodução/TV Globo
Colunista do Encontro explica porque Gilberto é negro - Reprodução/TV Globo

A jornalista Maíra Azevedo, presença constante no Encontro, fez um longo texto nas redes sociais em que explicou porque Gilberto, do BBB21, é negro.

Ela lembrou o debate sobre colorismo, sempre presente no movimento negro. De maneira simplificada, a gente acredita que pessoas de pele menos escura sofrem menos racismo. Mas essa sempre foi uma arma para justamente apagar o que muitas pessoas sofrem.

"Exatamente por conta da dificuldade dessa compreensão, muitas pessoas levam mais tempo para se identificar, se reconhecer como preta. A auto declaração e a identificação foi uma conquista dos movimentos negros! Portanto, sem dúvidas, Gil é um homem preto e ele sabe disso", disse ela.

A fala é uma resposta a uma discussão que aconteceu pelas costas do economista. Nego Di afirmou que ele não poderia ser considerado negro.

"Ele pode ter alguém, um vô, uma vó [negros]. O racismo só sofre quem é da nossa cor, o policial não te para porque tua mãe é negra. Ele é um pouquinho sujinho. Se esfregar bem...", disparou ele gerando muitas críticas nas redes sociais.

Leia a declaração de Maíra Azevedo na íntegra: 

A negritude é diversa! Temos pessoas pretas com a pele mais clara, outras com a pele mais escura. Mas, a negritude é formada por um conjunto de características genéticas. A dificuldade do reconhecimento é que aqui no Brasil, o racismo está mais associado ao fenótipo!

Vale lembrar que, essa miscigenação que muita gente reivindica surge a partir da violência dos corpos de mulheres negras, que eram utilizadas como objeto sexual para satisfazer os prazeres masculinos. Muitas foram violentadas!

A partir do critério do colorismo, e da pigmentocracia, aqui no Brasil, quanto mais escura for a sua pele, mais será discriminado. Isso não quer dizer, que pretos mais claros não sofram com o racismo, mas terão mais passabilidade!

Exatamente por conta da dificuldade dessa compreensão, muitas pessoas levam mais tempo para se identificar,se reconhecer como preta. A auto declaração e a identificação foi uma conquista dos movimentos negros! Portanto, sem dúvidas, Gil é um homem preto e ele sabe disso