Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
BBB / Ao vivo

BBB20: No 'Mais Você', Fabricio Battaglini pressiona Petrix ao falar sobre suposto assédio

''As pessoas interpretaram como assédio'', disse firme; Petrix deu resposta confusa

Redação Contigo! Publicado em 05/02/2020, às 09h18 - Atualizado às 09h20

BBB20: No 'Mais Você', Fabricio Batagglini pressiona Petrix - Reprodução
BBB20: No 'Mais Você', Fabricio Batagglini pressiona Petrix - Reprodução

Substituto de Ana Maria Braga no Mais Você, o jornalista Fabricio Battaglini pressionou Petrix Barbosa e foi firme ao questioná-lo sobre as acusações de assédio que geraram polêmica no Big Brother Brasil 20.

"Você saiu com 80% dos votos e eu atribuo a essa suposta polêmica. Suposta não, aconteceu uma polêmica na casa e o público deu uma interpretação, as pessoas interpretaram como assédio. E você saiu com 80% dos votos, como você interpreta a interpretação que o público deu?", questionou o jornalista com firmeza.

Confuso e visivelmente sem entender as acusações, ele se defendeu.

"Com certeza [a eliminação] foi por esses pontos, deve ter sido por isso. Afeta, tem fundamento. Eu não consegui ver ainda, mas pelo que eu tô escutando elas não viram assim, não se sentiram assim [assediadas]. Se eu afetei uma pessoa, eu errei. Se eu magoei, eu peço desculpa e perdão sem ver a razão", disse ele.

Segundo o ginasta, a blogueira Bianca Andrade, uma das supostas vítimas, inclusive foi quem o acompanhou no momento da eliminação. "Ela me deu a mão e foi até a porta, antes de passar por ali não sabia nada do que estava acontecendo", disparou.

MAIS PETRIX

Ao vivo no programa, o ginasta negou que tenha envolvimento com a estratégia proposta por Hadson de seduzir as meninas comprometidas para queimá-las.

"O que ele citou? Que ele o Lucas estavam pensando, eu nunca fui conivente, eu tenho namorada, eu sabia que elas tinham namorado. Eu sou um namorado acima de tudo. Eu não tenho todas as câmeras, eu não vejo tudo. Quando os meninos antes faziam o plano dele, falavam que ela era falsa [a Mari] e eu falava que não via", disse ele.

Segundo ele, o mais difícil foi lidar com a decepção de ver que dentro e fora da casa as reações ao seu comportamento foram diferentes. "É o que eu falei: eu sou o sentimento que estava dentro da casa. As meninas são as melhores pessoas que eu conheci no último ano. A minha indignação é essa, eu pensava que o reflexo fora fosse o mesmo que tinham lá dentro por mim", disse.