Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / Queridinha

BBB20: Bissexual e ativista, Marcela se torna favorita de público nas redes sociais

Loiraça, Marcela rejeita papel de "princesinha" e agradou público; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 21/01/2020, às 21h49 - Atualizado às 22h03

Marcela Mc Gowan agrada público do BBB20 - Reprodução/Instagram
Marcela Mc Gowan agrada público do BBB20 - Reprodução/Instagram

Médica, ativista e belíssima, uma das participantes do BBB já caiu nas graças do público tuiteiro.

Marcela Mc Gowan já se tornou uma das favoritas dos fãs do Big Brother Brasil no Twitter. A loiraça se apresentou como médica obstetra e falou a respeito de seus projetos fora do reality, especializados em sexualidade feminina e LGBTQIA+.

Ela é uma das defensoras do parto humanizado e se identifica como representante LGBTQIA+, já que é bissexual e tem um irmão transsexual. O perfil bem progressista da musa já chamou atenção e agradou o público. "Que Marcela seja uma grande aliada dos LGBTs. Que lindo falar sobre o irmão trans sem tabus. Família tradicional brasileira é isso", exaltou Fernando Oliveira, o Fefito.

Outros estão torcendo por uma amizade das médicas do programa: além de Marcela, há Thelma, que já se identificou com a loira por causa da profissão. Ambas estão no grupo Pipoca, de anônimos.

POLÊMICAS

Hadson Nery, um dos confinados, também no grupo Pipoca, apareceu em um vídeo nas redes sociais. Nas imagens, um homem que seria o paraense obriga um outro a se ajoelhar e pedir desculpas por ter ofendido seu time de futebol.

"Sem mimimi, você não é doido", afirma ele, já prevendo a repercussão negativa do vídeo. O homem se ajoelha e pede desculpas. Hadson exige que ele revele quem lhe pagou para gravar o tal vídeo ofendendo o time e o homem atende. Então Hadson e um outro rapaz rasgam toda a roupa do homem, deixando-o só de cuecas. O usuário que publicou o vídeo explicou: "Tudo isso por causa de disputa de time de pelada, o rapaz humilhado no vídeo gravou um vídeo zoando o time desse embuste. Sem contar que 'amigos' do Hadson estão ameaçando diversas pessoas que estão falando os podres dele", contou.

As contas oficiais do ex-jogador não se pronunciaram a respeito do caso. Além do vídeo, Hadson já está sendo um dos mais comentados por ter sido processado pela ex-mulher Elen Cristina Vara Nery, por violência doméstica. A denúncia foi feita e registrada no Tribunal de Justiça do Estado do Pará em 2018. Ela entrou com processo de medida protetiva duas vezes, mas o ex-jogador não contestou a denúncia.