Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / QUASE LÁ

BBB20: Amados, mas derrotados: relembre os favoritos que saíram sem o prêmio

De Pyong a Babu, lembre dos brothers que perderam o favoritismo no BBB20

Redação CONTIGO! Publicado em 27/04/2020, às 17h48 - Atualizado em 01/05/2020, às 22h59

De Pyong Lee a Felipe Prior: relembre os favoritos que perderam o BBB20 - Reprodução/TV Globo
De Pyong Lee a Felipe Prior: relembre os favoritos que perderam o BBB20 - Reprodução/TV Globo

O BBB20 foi marcado por grandes votações, grandes mobilizações e, é claro, grandes candidatos que passaram longe de ganhar o prêmio máximo.

Desde o início da temporada, alguns candidatos se destacaram com torcidas gigantes e bastante vocais - elas se mobilizaram nas redes sociais e agiram nas votações, que bateram recordes, mas muitos dos supostos favoritos nem chegaram perto da final.

O primeiro deles, que chamou atenção logo na primeira semana, foi Pyong Lee. O hipnólogo virou sensação nas redes sociais, principalmente no Twitter, por dançar sem muitas amarras. O fato dele ter sido alvo da armação do primeiro vilão do reality, Petrix Barbosa, ajudou. Pyong escapou do primeiro paredão e deu a volta por cima, eliminando Petrix logo depois.

O favoritismo de Pyong caiu por terra quando ele encheu a cara em uma festa e acabou tentando beijar Marcela e apalpar Flayslane. A atitude rendeu a ele uma investigação por assédio fora da casa e custou a boa vontade da maior parte do público - ainda assim, no paredão em que saiu, sua torcida fez frente à de Babu Santana.

Outro que pareceu que ia decolar, mas não saiu do lugar foi Hadson Nery. O segundo grande vilão da temporada ensaiou construir uma base de fãs do lado de fora, mas foi justamente na semana em que foi emparedado. Parte do público se identificou com o jeito "machista sem pedir desculpas" do ex-jogador de futebol e migrou para a torcida de Felipe Prior logo depois.

Prior, aliás, mantém uma base firme de fãs. O paredão que o eliminou bateu o recorde mundial de votos em um programa de TV, quase eliminando Manu Gavassi, que agora disputa a final. Prior ganhou o público por ser excluído pela maior parte dos concorrentes e fazer o tipo "bruto", brigando com todos e falando o que pensava sempre. Nem mesmo as acusações de estupro feitas contra ele após sua eliminação parecem ter abalado a popularidade - mas nem a torcida de Gabigol e Neymar foi capaz de mantê-lo no jogo.

Marcela McGowan e Gizelly Bicalho representam outro polo de favoritismo. As "fadas sensatas" encabeçaram a luta feminina no início da temporada, responsáveis por descobrir e revelar o plano do Teste de Fidelidade dos rapazes. Marcela chegou a ser considerada a ganhadora do prêmio em certo ponto, mas o ato de deixar Gizelly de lado para se envolver com Daniel, além de ter se afastado de Thelma quando ela tentou defender Babu, custaram a ela boa parte da popularidade. De justiceira, Marcela passou a ser vista como algoz e acabou eliminada.

Babu Santana foi o que chegou mais perto: tinha torcida ampla entre artistas, ganhou proposta de emprego e deu aulas sobre representatividade negra dentro da casa. Um contraponto menos agressivo que Prior ao discurso do grupo das fadas, Babu manteve sua postura firme durante todo o jogo, mas se abriu ao diálogo e, nas últimas semanas, se aproximou de Thelma, Manu e Rafa. Considerado durante boa parte da temporada como o favorito incontestável, Babu escapou de alguns paredões com menos de 1% dos votos, mas acabou derrotado pelas torcidas combinadas das meninas.

Com Manu, Rafa e Thelma na final, fica o suspense: quem se tornará uma milionária nesta segunda-feira (27)?