Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / EITA!

12 anos depois, Marcelo Dourado pede desculpas por 'erro histórico' no BBB

Marcelo Dourado pede desculpas nas redes sociais e diz que era 'ignorante'; vídeo voltou a circular nas redes sociais

Redação Contigo! Publicado em 17/02/2022, às 14h19

12 anos depois, Marcelo Dourado pede desculpas por 'erro histórico' no BBB: "Ignorante" - Reprodução/TV Globo
12 anos depois, Marcelo Dourado pede desculpas por 'erro histórico' no BBB: "Ignorante" - Reprodução/TV Globo

Campeão da décima edição do BBB, Marcelo Dourado surpreendeu os seguidores ao reparar um "erro histórico" que ele cometeu na época em que esteve na casa.

É que há 12 anos ele citou expressões como "orgulho hétero" e "resistência heterossexual', durante o reality após um embate firme com Dicésar, seu algoz naquela edição.

O pedido de desculpas foi publicado nas redes sociais."Não pretendo com esse vídeo a amizade nem a simpatia de ninguém. Apenas reparar um erro histórico que eu falei e reconhecer o meu erro, que pode ter sido interpretado como uma fala preconceituosa", disse no vídeo.

Ele então lembrou que a publicação voltou a viralizar.

"Rola um vídeo meu de tempos em tempos na internet, onde eu falo "Orgulho hétero" e "resistência heterossexual', que foi dito dentro de um reality show, sob condições isoladas e específicas, eu sofrendo muita pressão psicológica e provocações diárias dos meus adversários. Mas nada disso apaga o fato de que eu era um cara muito mais ignorante do que sou hoje. E eu não percebi ali na hora que a frase que o meu adversário falava, 'o mundo é gay', era uma frase de inclusão", explicou.

Segundo Dourado, seu pensamento mudou muito ao longo dos últimos anos e ele foi aprendendo a pensar de uma forma diferente. "Na minha cabeça limitada, eu pensava que era uma frase afirmativa, genérica. Eu não percebi a importância daquilo para as pessoas que estão envolvidas nessa comunidade e que são constantemente vítimas de violência. A resistência pertence as minorias, e nenhum hétero foi espancado até a morte por sua sexualidade, diferente da comunidade LGBTQIA+. No Brasil existem casos gravíssimos.... Ficar contra essas causas vai contra a história da minha família e contra o meu legado, de filho de refugiados. Na minha cabeça, todos devem ser respeitados igualmente", continuou.

Ao fim, ele pediu desculpas. "O meu jeito bruto pode ter confundido pessoas que torceram por mim achando que o que nos unia era o preconceito, que eu abomino. Se você torceu por mim achando que o nos une é preconceito, quero distância. Quero nas minhas relações pessoas com empatia, que respeitem a dor do outro, mesmo a gente não entenda. (...) A vida de cada um, só diz respeito a cada pessoa".

Veja:

REERGUENDO

A família da ex-BBB Maria está passando por momentos de apreensão após a expulsão dela do BBB22 nesta terça-feira (15).

Segundo o colunista Leo Dias, do Metrópoles, Alba Michele,mãe da cantora e atriz, revelou estar ainda sem contato com a filha e ter vivido horas de sofrimento depois do incidente com o balde no Jogo da Discórdia, que acabou motivando a expulsão.

Ela desabafou: "Estou sobrevivendo. Chorei muito em casa. Nem conseguimos dormir ainda. Estou na base de calmante, o que nunca havia acontecido antes na minha vida. Não conseguimos falar com a Maria ainda, mas acredito que tudo irá passar. Nós tivemos informações de que ela está bem e processando tudo o que aconteceu antes. E agora quem vem para casa é a Vitória, a filha que coloquei no mundo". O nome de batismo de Maria é Vitória Nascimento Câmara.