Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
A Fazenda / Treta

A Fazenda 13: Café no chão, leite na cabeça e rasteira! Barraco generalizado domina reality após eliminação

Rico Melquíades se tornou alvo do chamado "grupão" do reality; veja o que aconteceu

Redação CONTIGO! Publicado em 08/10/2021, às 08h02

Treta generalizada em 'A Fazenda 13' após eliminação de Erika Schneider - Reprodução/RecordTV
Treta generalizada em 'A Fazenda 13' após eliminação de Erika Schneider - Reprodução/RecordTV

É fogo no feno! Após a eliminação de Erika Schneider em A Fazenda 13, os ânimos ficaram bem exaltados.

Logo depois que a peoa saiu do reality, o chamado "grupão", composto por basicamente todos no programa exceto Rico Melquíades, Dayane Mello e Aline Mineiro, comemoraram de maneira bastante ácida. Tati Quebra-Barraco ironizou: "Vamos pra Roça, ca**lho! Tô morrendo de medo!", disparou.

Rico perdeu a cabeça e decidiu jogar todo o café da casa fora. Os outros tentaram impedir, alguns de maneira mais branda, como Bil Araújo, que segurou o pote longe do influenciador, enquanto Dynho Alves partiu para cima dele, dando uma rasteira. No fim das contas, Rico conseguiu mesmo jogar o café fora.

Para fechar, Victor Pecoraro foi até a despensa, pegou uma garrafa de leite e despejou na cabeça de Rico enquanto ele comia. Enquanto o "grupão" ria, os dois fizeram uma guerra de comida.

Treta atrás de treta!

DECEPÇÃO

Em A Fazenda 13, nesta quinta-feira (07), Erika Schneider, que está na terceira roça ao lado de Dayane Mello e Tiago Piquilo, criticou alguns colegas de confinamento, em especial Tati Quebra-Barraco.

Em conversa com Rico Melquiades, o fazendeiro da semana, ela disse que esperava que a cantora tivesse um comportamento bem diferente do que ela vem apresentando no confinamento.

“De manhã ela não comeu meu bolo também. [...] Eu tinha outra imagem dela, sei lá. Não que ela seja barraqueira e tal”, disse ela. "É soberba, orgulhosa demais, cheia de debochezinho", alfinetou Melquiades. Schneider ainda desabafou sobre o medo de ser eliminada. Sincera, ela disse que os colegas de confinamento são “meio sem coração.