A Fazenda: Raissa Barbosa ganha apoio de artistas após crise com Mirella: ''Irresponsabilidade''

A peoa é diagnosticada com Síndrome de Borderline e se desequilibrou durante a briga desta quarta (21)

Redação Contigo! Publicado quinta 22 outubro, 2020

A peoa é diagnosticada com Síndrome de Borderline e se desequilibrou durante a briga desta quarta (21)
Raissa Barbosa ganha apoio de artistas após surto - Reprodução/PlayPlus

A briga envolvendo a peoa Raissa Barbosa, que é diagnosticada com Síndrome de Borderline, tem repercutido bastante fora da casa. A confusão, que envolveu ainda MC Mirella e Luiza Ambiel, terminou em gritaria e acusações.  

Na web, muitos fãs disseram que Raissa havia sido torturada psicologicamente e alguns artistas decidiram se pronunciar sobre o assunto nesta quarta-feira, 21, através de seu Twitter.  

A vencedora da 18° edição do Big Brother Brasil, Gleice Damasceno afirmou que a peoa estava sendo alvo de atitudes irresponsáveis e prejudiciais para sua saúde. "Muita irresponsabilidade o que estão fazendo com a Raissa. Eu já simpatizava com ela por ela ser acreana e agora muito mais".

Giovanna Lancellotti também se pronunciou e declarou torcida para o grupo feminino do reality. "Olha, não costumo falar da Fazenda, mas peguei esses últimos dias pra ver e estou amando jojo, Raissa e ste. E jake. É muito feio como estão tentando desestabilizar uma pessoa que tem um diagnóstico como o da Raissa. Admiro as mulheres que estão ajudando ela nessa fase". 

O ator João Vicente também criticou a atitude de Luiza Ambiel e Mirella e criticou o posicionamento da produção do reality sobre a situação. "Pergunta: Até acontecer o que, a Record vai deixar essa mulher, que está precisando de ajuda, se debater em rede nacional? Estão esperando ela fazer algo com grave consequências?"

EITA!

O sertanejo Mariano revelou que Raissa Barbosa não conseguiu se medicar após ser chamada pela produção de A Fazenda no final desta tarde.

Segundo o peão, após uma discussão feia em que foi chamada de "louca" e "doida" pelas colegas de confinamento, ela recebeu atendimento, mas se recusou a ser medicada contra o transtorno bordeline, diagnóstico que ela recebeu antes do confinamento.

"Eu fui lá agora [com a produção], porque chamou ela [Raissa] para tomar o remédio. Ela tava lá: 'Não, não quero tomar porque não quero que me chamem de doida, não quero ficar falando que tomo remédio'. A palavra-chave, o gatilho dela, é quando chamam de doida, maluca", declarou o cantor.

Último acesso: 28 Nov 2020 - 02:46:13 (1128141).