Ex-BBB Marcos vai à delegacia depor sobre acusação de agressão contra Emilly

Ele chegou na Delegacia de Atendimento à Mulher acompanhado da irmã e de mais três seguranças

Redação Contigo! / Fotos: Marcello Sá Barretto/AgNews

Ex-BBB Marcos vai à delegacia depor sobre acusação de agressão contra Emilly | <i>Crédito: Fotos: Marcello Sá Barretto/AgNews
Ex-BBB Marcos vai à delegacia depor sobre acusação de agressão contra Emilly | Crédito: Fotos: Marcello Sá Barretto/AgNews
O ex-BBB Marcos Härter foi expulso do programa, comandado por Tiago Leifert, e, dois dias depois, foi até à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, para prestar depoimento. Na quarta-feira (12), no fim da manhã, o médico chegou acompanhado de três seguranças, da irmã, Caroline Härter, e de uma assessora da Globo, para depor sobre a acusação de lesão corporal contra Emilly Araújo, sua namorada dentro do Big Brother Brasil 17. Por conta disso, ele foi expulso da atração três dias antes da final, que acontece nesta quinta-feira (13). Até entrar na delegacia, Marcos se manteve calado e só conversou com a delegada Viviane da Costa.


Marcos se pronunciou sobre o caso na terça-feira (11)

Um dia antes, ele se pronunciou pela primeira vez sobre o caso, em um texto em seu Twitter. “Como todo casal, passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto. O programa tem um formato destinado a levar o nosso emocional ao limite, e, consequentemente, os nervos à flor da pele. Repito: jamais tive a intenção de machucá-la ou agredi-la, estou surpreso com tudo o que está acontecendo. Peço desculpas a todos os envolvidos, Emilly, sua família, demais participantes e a todo o Brasil”, escreveu.

12/04/2017 - 12:32

Conecte-se

Revista Contigo!