Elenco de Os Dias Eram Assim empresta a voz para a música de abertura

Sophie Charlotte, Daniel de Oliveira, Maria Casadevall, Gabriel Leone e Renato Góes se reuniram para gravar a versão da música Aos Nossos Filhos, de Ivan Lins

Redação Contigo!

Elenco canta abertura de Os Dias Eram Assim | <i>Crédito: Fotos: TV Globo e Reprodução Youtube
Elenco canta abertura de Os Dias Eram Assim | Crédito: Fotos: TV Globo e Reprodução Youtube
Os protagonistas da supersérie Os Dias Eram Assim, Sophie Charlotte, Daniel de Oliveira, Maria Casadevall, Gabriel Leone e Renato Góes se reuniram para dar voz à canção de abertura da nova atração da TV Globo. A música escolhida para tal posição é Aos Nossos Filhos, do compositor Ivan Lins, e Gabriel e Sophie, que já cantaram em outras ocasiões na TV e no teatro, foram os solistas.  O título da trama de Angela Chaves e Alessandra Poggi é também um verso da música, eternizada por Elis Regina. A ideia de convidar os atores para a ação foi do diretor artístico Carlos Araújo. Ao lado dos diretores musicais, Victor Pozas e Eduardo Queiroz, ele acompanhou a gravação com o elenco, que aconteceu em fevereiro, em um estúdio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. 

Maria Casadevall em ação


“Não foi uma escolha aleatória, atende a uma intenção dramatúrgica também”, explica, sobre convidar atores para interpretar a canção. “É como se fossemos um grupo de cinco grandes amigos cantando, se divertindo”, afirma Renato, sobre a experiência inédita. "Eu estou feliz em poder explorar mais essa vertente na minha carreira. Até brinquei com a minha mãe: ‘Estou me sentindo um músico!’”, diverte-se. Maria confessava o nervosismo enquanto esperava outro colega gravar o seu take. “Tenho uma relação com o canto de muita admiração e amor, mas eu nunca consegui estudar canto como eu gostaria. Assim, estou desesperada e feliz”, brinca ela. Sophie Charlotte já havia cantado em cena em outras produções, como em O Rebu (2014), e no dueto com Roberto Carlos no especial de fim de ano do cantor. Mas a atriz admite que não é tão simples para ela. “Quem disse que eu me sinto tranquila? Cantar para mim é uma exposição muito grande. Mas não dá para dizer não ao Carlinhos”, diz.

17/04/2017 - 19:17

Conecte-se

Revista Contigo!