Thais Müller tem a arte correndo nas veias

A atriz, que é filha de Anderson Müller e Marcela Muniz, se despede de Os Dez Mandamentos, seguindo os passos dos pais na TV. Mas sabia que ela também é uma estilista

domingo 17 julho, 2016
Thais Müller
Thais Müller Foto:Fotos: Fabrizia Granatieri

Veja mais

Quando tinha apenas 3 anos, Tatá me disse no camarim: ‘Mãe, estou pronta para entrar em cena!’ Então vi que era inevitável...”, recorda a atriz Marcela Muniz, ao falar dos primeiros passos da filha, a atriz Thais Müller, a Jerusa de Os Dez Mandamentos (Record). Já o pai, o ator Anderson Müller ficou receoso com a escolha profissional da menina e não nega. “Fiquei com medo, porque sei que essa carreira não é fácil e temos de ter a cabeça no lugar. Mas também senti muito orgulho, não tinha como ser diferente. Tatá dormia na coxia, gostava de ir aos ensaios comigo, os olhos dela brilhavam ao nos ver no palco...” Agora é a vez de Thais dar a sua versão dos fatos. “Fui me encantando aos poucos por aquele universo. Quando meus pais perceberam, já estava apaixonada por aquilo tudo, não teve muito jeito. A partir daí, eles me apoiam e me ajudam em tudo”, afirma. Marcela e Anderson foram casados por 13 anos, separaram-se em 2001, mas mantêm uma bela relação de amizade, que inspira a jovem. “Tanto na carreira quanto na vida. Temos uma família unida, mesmo com as loucuras de todas as famílias. Meus pais têm uma relação tão linda que admiro. Tentamos sempre, pelo menos uma vez na semana, almoçar todos juntos.” 


Thais estreou na telinha aos 7 anos como Fátima em O Cravo e a Rosa (Globo, 2000) e logo chamou a atenção dos telespectadores. Mesmo com o passar dos anos, ela continua com o mesmo rostinho de menina! “Sou a cara do meu pai, isso nem tem como negar, e tenho um jeito todo da minha mãe. Por isso me considero uma mistura dos dois”, avalia. Morando com a matriarca, a jovem pensa em ter a sua independência, sim, no entanto, ressalta que ainda precisa amadurecer em alguns aspectos antes de tentar um voo solo. “Tenho um irmão, que está estudando fora, e uma irmã que já se casou. Então sobraram eu e minha mãe em um apartamento grande. Sendo que sempre fui aquela que queria sair primeiro de casa, por trabalhar desde cedo, mas a vida foi acontecendo. Eu e minha mãe estabelecemos uma parceria forte em casa. Existe uma vontade, mas acho necessário amadurecer e crescer como pessoa. Quero me estabelecer primeiro.”

Foco na carreira de estilista
Depois de fazer a minissérie O Quinto dos Infernos (Globo, 2002), a novela Kubanacan (Globo, 2003), teatro e cinema, Thais descobriu a paixão pela moda e fez faculdade de Design. “Assim que me formei, já sabia que teria momentos de focos diferentes – é um pouco do meu lado virginiana, preciso fazer tudo bem feito, senão não consigo. Foquei em Os Dez Mandamentos, mas já retomei a meu trabalho de estilista. Não sei ficar parada. Já estamos desenvolvendo uma nova coleção”, afirma ela, que precisou engordar um pouco para dar vida a Jerusa. “Perdi cintura, essas coisas. Relaxei, pretendo agora voltar a meu peso normal, são só alguns quilinhos. Não sou ligada na balança, gosto de medir pelo espelho ou nas roupas mesmo. Se estou me sentindo bem, estou feliz.” 


Contra o padrão da moda
A palavra “padrão” não faz parte do vocabulário da jovem, solteira atualmente. E faz questão de explicar o seu ponto de vista: “Não entendo quem falou, em algum momento, o que era certo ou errado, bonito ou feio. Existe gosto para tudo e beleza em todos os corpos. Magrinhas, gordinhas, cheinhas, volumosas... O corpo da brasileira é tão diversificado que não tem como existir esse padrão. Acho lindo quem se acha lindo e está tudo certo”, desabafa. Sem comer carne vermelha há oito anos, Thais tem a seu favor o fato de não gostar de chocolate. “Massa é o que me tira o foco, amo!” Academia e exercícios de musculação sempre fizeram parte de sua rotina. Agora, ela se diz apegada pelo ballet fitness, modalidade que mistura benefícios da dança com alto gasto calórico e definição muscular. 

  Ligada também aos amigos, Thais encontra neles a sua verdade e paz de espírito. “Rodear-se de pessoas amadas é essencial”, justifica. No entanto, a jovem também preza por ter seus momentos de introspecção. “Pinto, escrevo, comprei agora uma vitrola e coloquei no meu quarto exatamente para embalar esse tempo.” A mãe, corujíssima, sabe que criou a filha para o mundo. “Dentro dos meus erros e acertos, posso dizer que criei três pessoinhas que só me dão orgulho! É isso já é um grande acerto.” Os conselhos que o pai sempre deu à jovem são simples e diretos: “Ter cabeça no lugar, pé no chão, objetivo, respeito e disciplina na profissão.” 
Por Ligia Andrade / Fotos: Fabrizia Granatieri
Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

NOVELAS

  1. 1 ‘O Tempo Não Para’: Confira os detalhes do casamento de Marocas e Samuca
  2. 2 ‘O Sétimo Guardião’: Doutor Aranha e Stela deixam a casa de Mirtes
  3. 3 ‘O Tempo não para’: Marocas barra Betina de ser madrinha do seu casamento
  4. 4 Confirmado! IZA pilotará o 'Música Boa Ao Vivo' em 2019
  5. 5 'Malhação', urgente! Vagner é vítima de bala perdida