Regiane Alves critica a pressão para as mães voltarem logo à boa forma

Regiane Alves comenta sua saída de 'A Lei do Amor' e confessa que estava perdendo momentos importantes dos filhos. Bola pra frente!

Por Ligia Andrade

Regiane Alves critica a pressão para as mães voltarem logo à boa forma | <i>Crédito: Fotos: Pino Gomes
Regiane Alves critica a pressão para as mães voltarem logo à boa forma | Crédito: Fotos: Pino Gomes
Enquanto estava gravando A Lei do Amor (Globo), Regiane Alves mal conseguia ter tempo para acompanhar o crescimento dos filhos João Gabriel, 2, e Antônio, 1, de seu casamento com o diretor João Gomez. “Um dia, cheguei em casa e olhei bem para o Antônio e percebi que tinham nascido dois dentes. Nessa fase, criança muda toda hora, me desdobrei para ficar com os dois”, revela a atriz, sem guardar mágoa com a sua saída repentina da novela das 9. “É uma obra aberta, mudanças podem acontecer no decorrer da trama. Já voltamos às leituras de Zózimo (série), está prevista para começar a gravar em junho.” Para fazer bonito em sua volta à TV após quase três anos, a atriz intensificou nos tratamentos estéticos, na dieta e nos exercícios. Fez massagem, muay thai, pilates e tratamento para celulite. No entanto, confessa não apoiar a cobrança para que as mães voltem logo à boa forma. “Só quem foi mãe sabe o quanto outras questões são mais importantes, a natureza é sábia”, ressalta Regiane. A jovialidade que tem, a atriz credita aos seus pimpolhos, sem sombra de dúvida. “Eles mantêm a criança que sou.” 
obra aberta “Vicent (Villari, autor ao lado de Maria Adelaide Amaral) me ligou para contar, não foi chato. Achei que as cenas ficaram boas. Para a trama, foi importante essa morte.”

Sem desapontamento “Meus amigos ficaram tristes com a minha saída. Nas redes sociais também. Gostava da Beth e achava que poderia render, mas o bacana é trabalhar com o inesperado. Em seguida, recebi o convite do filme (Uma Pitada de Sorte), o que foi ótimo.”

Eterna culpa “João Gabriel está em uma fase de escolinha, amiguinhos, tudo ainda é novo para nós. Às vezes, me culpo por dar um pouco mais de atenção a ele do que ao Antônio, que está na fase de copiar tudo o que o irmão faz – temos de ter cuidado redobrado. Ele também está indo à escola, o que faz com o que o desenvolvimento dele seja mais rápido. Acho o Antônio um pouco mais parecido comigo e o João Gabriel é a cara do pai.”

A mesma menina “No fundo, ainda me sinto a garota de 19 anos, cheia de energia, sonhos e ideais. O que mudou foi a minha forma de olhar o mundo e os outros. Coisas importantes antes, hoje não são mais. Ter paciência vira um mantra. Você descobre que a vida pode e deve ter outro tempo. A vida mudou para melhor!”

Vida em família “É uma aventura, sempre tenho que ter alguém para ajudar. Adoramos ir ao parque com eles, tomar café da manhã, ir à praia, brincar o máximo de tempo. Eles foram visitar o pai nos estúdios e viraram atração. Para nós, foi especial mostrar onde passamos parte da nossa vida.”

Regiane diz que mantém parceria com o marido na rotina de casa e na criação dos filhos

Espírito jovem “Que ótimo ouvir isso perto dos 40 anos! (risos). Posso atribuir ao fato de ter duas crianças em casa? Eles mantêm a criança que sou. Não tem como fugir, o jeito é aceitar e trabalhar para a velhice chegar da melhor maneira possível. Isso não me assusta, mas vou entendendo como a vida funciona e passo a gostar mais dela.”

Em movimento “Me exercitei muito na gravidez, fazia hidroginástica, ioga, pilates. Agora para a novela, fiz dieta, massagem detox, muay thai, pilates... Não acho legal essa cobrança para que as mães voltem logo à boa forma. Só quem foi sabe o quanto outras questões são mais importantes neste momento. O corpo volta à forma entre seis meses a um ano, assim disse minha médica. E vi que a natureza é sábia, é só cuidar da alimentação e fazer exercícios. Sem neuras e tudo no seu tempo.”

Ah, as festinhas... “Tomo cuidado para não comer com eles. Festa infantil é uma delícia e sempre como algo que só poderei comer lá, como coxinha e brigadeiro.”

Parceria em casa “Às vezes, é complicado juntar as agendas, mas tentamos fazer algo como ir ao cinema, sair para jantar. É essencial tentar fazer algo como casal, até para lembrarmos dos momentos a dois. Meu marido é superparticipativo, vamos dosando nossas tarefas do dia a dia sem problema nenhum, é uma parceria. A produção por enquanto está em recesso!”

Tempo precioso “Adoro coisas de casa, decoração e jardim. Gosto de cuidar da casa ou fazer uma massagem. Ter um tempo só para si tem muito valor quando se tem dois filhos.”

Zózimo “A estreia está prevista para o segundo semestre. A história se passa nos anos 1950, interpreto Marli, uma prostituta que vive um grande amor com o detetive Zózimo (Vladimir Brichta). Ela o ajuda bastante a desvendar os mistérios e é louca por ele, só que ele nunca assume o relacionamento. Vai ter suspense e comédia. Estou empolgada.”

Uma pitada de sorte “É uma comédia para a família. A protagonista é a Fabiana Karla, uma brasileira que sonha em ter seu próprio restaurante, mas é obrigada a trabalhar em outras coisas em busca do seu sonho. Faço a Margô, uma produtora de um programa de culinária, onde ela vai trabalhar. Sou uma antagonista, mas que, no final, se simpatiza e lhe dá uma oportunidade.”

Volta aos palcos “Tenho uma programação para viajar com Tão Logo Amor ainda este ano. Quero que muitas pessoas vejam e discutam sobre até que ponto o amor pode nos levar.” 

01/04/2017 - 20:50

Conecte-se

Revista Contigo!