Palmirinha admite "Eu não consigo ser grossa"

A apresentadora recebe Contigo! em sua casa, relembra sua trajetória e revela que não se incomoda com os novos chefs da TV. “Tô com eles e não abro!”

segunda 29 fevereiro, 2016
Palmirinha 2016
Palmirinha 2016 Foto:Rogério Pallatta
É impossível não sorrir quando ela vai chegando na sala, andando devagar e cumprimentando todo mundo, deixando o cheiro do seu perfume — com aroma de flores — no ar. Logo antes de começar seu papo exclusivo com a CONTIGO!, Palmirinha Onofre, 84 anos, pede para que sua filha Tânia feche a janela. “Este vento me incomoda”, diz toda simpática. Um ventinho é uma moleza para Palmirinha enfrentar, pois ela é uma mulher que ultrapassou alguns obstáculos complicados para chegar onde está. “Não tive muita sorte no meu casamento. Nós brigávamos muito e ele não ajudava em casa. Criei sozinha minhas três filhas, com o dinheiro que ganhava vendendo comida. Só que, naquela época, mulher que trabalhava não prestava, a fama era ruim”, relembra. Não foi impedimento para continuar se esforçando e crescendo. Aprendeu a cozinhar com a mãe e com uma senhora francesa que a acolheu em São Paulo — e daí em diante não parou mais. E nem tem vontade de parar! “Tenho vários projetos para este ano, seja na TV ou novos livros para lançar. Vocês também não me deixam parar!”, brinca, sempre agradecendo o carinho dos admiradores com ela.
Essa relação de amizade entre Palmirinha e várias emissoras, revistas e artistas vem lá de trás. A culinarista estreou na televisão em meados dos anos 1990, no programa de Silvia Poppovic, 61. “Ela me entrevistou e divulgou meu trabalho no ar. Foi ali que estourei”, comenta. Depois, Ana Maria Braga, 66 — chamada carinhosamente de Aninha por Palmirinha — a convidou para seu programa Note Anote, na Record. Em 1999, ela já tinha a própria atração na TV Gazeta, onde ficou até 2011. “Tenho muito carinho por todos os que me acolheram ao longo desses anos, sempre fui bem tratada por onde passei”, afirma. A amizade com Ana Maria continua. “Quando soube do câncer dela recentemente, fiz questão de ser uma das primeiras a ligar. Ela disse ‘Palmirinha, eu já estou bem’, mas, mesmo assim, eu falei que iria colocá-la nas minhas orações e enviar vibrações positivas para ela, sempre”, conta.


ELA NÃO É CAPAZ...
Tanto carinho se reflete no que a avó mais querida da telinha no Brasil pensa dos concorrentes. Palmirinha diz não se incomodar nem um pouco com a onda de programas e reality shows culinários que começaram a pipocar no Brasil nos últimos anos. “Eu curto demais, aprendo muito com eles, anoto várias dicas! Tô com eles e não abro!”, afirma. E são muitas histórias para contar sobre os chefs famosos que estão no ar. “O (Carlos) Bertolazzi só tem tamanho. Ele é brincalhão, chorão e muito fofo. Ele é maravilhoso! Aquilo que a gente vê na TV é somente um personagem. Às vezes, você precisa ser duro e firme para julgar alguém, mostrar que a pessoa fez algo errado. Eu não consigo, fico preocupada de ser chamada pra avaliar, porque não sou capaz de ser grossa”, confessa falando com carinho do chef dos programas Hell’s Kitchen: Cozinha sob Pressão e BBQ Brasil (ambos do SBT), Carlos Bertolazzi, 45. Os dois trabalharam juntos ano passado, no canal a cabo Fox Life.  


ELA AMA ESTAR NA COZINHA
Aos 84 anos, Palmirinha não para. Antes mesmo de a equipe de CONTIGO! chegar a seu apartamento, em um bairro tranquilo de São Paulo, ela já tinha preparado um bolo fresquinho para toda a equipe (veja a receita no boxe da página seguinte). O cheiro já tomava conta da cozinha e a surpresa foi ainda maior quando ela revelou que não usava fermento na massa! “Já faço esse bolo há muito tempo, é sempre um sucesso”, se gaba, sempre com o ingrediente principal, sua delicadeza e a fofura. “Eu amo estar na cozinha, preparar vários pratos. Adoro reunir a família toda em casa. Faço almoço para todo mundo”, conta. E olha que a família não é pequena: são três filhas, Sandra, 62, também sua assessora, Tânia, 64, e Nanci, 60, seis netos e quatro bisnetos, contando com o pequeno Davi, que está chegando em março. “Depois que eu tive um problema de saúde há uns dois anos, a Sandra resolveu que era hora de morar comigo. Hoje, estou mais perto de todos”, comemora, em seu apartamento na zona sul de São Paulo. Sandra e Tânia são sempre consultadas na hora que Palmirinha precisa tomar alguma decisão sobre a carreira e, assim como a mãe, também se viram bem na cozinha. “A Sandra sabe cozinhar bem. A Tânia então: faz uma massa de macarrão que deixa a minha no chinelo!”, elogia a mãe coruja.


HORA DA FOFOCA!
Mesmo disposta a tudo, Palmirinha fica aliviada de não ter mais tantos compromissos atualmente. “Acordo de manhã, faço o café, se minha filha não acordar antes, depois ela me conta dos e-mails que recebemos e aí eu passo o resto do dia em casa”, conta. “Eu amo estar aqui e aproveitar a minha casinha. Nunca tive chance de fazer isso. Estava sempre trabalhando, correndo de um lugar para outro, sem parada. Hoje, eu posso ficar aqui, assistindo à TV, recebendo visitas. Nem viajar eu quero. Não gosto!”, revela arrancando olhares de reprovação de Tânia e Sandra. Depois da conversa no sofá, ela nos convida para ir até a mesa na varanda e provarmos, finalmente, o bolo — que estava uma delícia! “Agora é a hora da fofoca no café da tarde!”, brinca. 
Por Daniel Lopes | Foto Rogério Pallatta
Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

NOVELAS

  1. 1 Hoje em 'O Tempo Não Para': Samuca pede Marocas em casamento
  2. 2 Hoje em 'Malhação: Vidas Brasileiras': Paulo e Marli dormem juntos
  3. 3 Hoje em 'Segundo Sol': Cacau revela que sabe sobre a chantagem de Roberval
  4. 4 Hoje em 'Orgulho e Paixão': Ernesto convida Fani para ser sua madrinha de casamento
  5. 5 Hoje em 'Segundo Sol': Desesperado para descobrir toda a verdade, Valentim oferece dinheiro para Laureta