Maytê Piragibe é uma super mãe!

Solteira há três anos, a atriz sonha em encontrar um novo amor e fala da relação de cumplicidade com a filha, Violeta

quinta 26 janeiro, 2017
Maytê Piragibe e a filha Violeta
Maytê Piragibe e a filha Violeta Foto:Fotos: Fabrizia Granatieri
Sem assumir uma relação desde 2013, depois de romper o casamento de três anos com o ator e modelo Marlos Cruz, com quem ficou durante três anos e teve a filha, Violeta, Maytê Piragibe tem se dedicado à maternidade e a carreira. Linda e jovem, pretendentes não lhe faltam, mas a maturidade a fez ficar mais criteriosa na escolha de um novo parceiro. E, apesar de não ser prioridade no momento, a atriz sonha, sim, em construir uma nova família e, quem sabe, ter mais filhos. No ar como a vilã Jéssica, em A Terra Prometida (Record TV), Maytê considera a personagem perfeita para comemorar os 30 anos de carreira. “Foi o projeto mais desafiador nesses últimos 11 anos de contrato na Record TV, após uma passagem significativa de cinco anos na Globo no início da carreira”, avalia. “Tive a felicidade de ter sido convidada para uma vilã depois de tantos anos como mocinha protagonista da casa. Essa confiança da empresa com meu trabalho me deixa muito feliz”, diz, emocionada. 

Amor incondicional “Ser mãe exige dedicação e mais responsabilidade. Você sempre pensa na criança e no bem-estar dela antes de você. A maternidade me ensinou a ser uma pessoa melhor. É como se a Violeta tivesse reformulado a missão da minha vida. Esse amor incondicional é maravilhoso.”

Separação “ Em prol da Violeta, o pai e eu escolhemos não continuar mais juntos. Antes um casal separado e bem do que uma união infeliz. Na minha opinião, o que faz bem à criança é ver os pais felizes. Violeta é muito feliz e amada. O mais difícil é a mudança de rotina! Mas a criança acaba se adaptando. Tudo foi muito conversado, temos uma relação ótima.”

Mulher Maravilha “Tudo tem o lado positivo e negativo. É difícil não ter com quem dividir na hora dos apertos, quando a criança fica doentinha ou se tem alguma questão na escola. Mas, graças a Deus, tenho uma família maravilhosa, que sempre me apoia e ajuda. Por outro lado, viramos cúmplices. Eu e minha filha ficamos mais unidas! Amor transborda e cura tudo. Me sinto uma mulher maravilha.” 

A menina é fruto da relação de Maytê com o modelo e ator Marlos Cruz

Seja o que Deus quiser “Não estou à procura de um amor, mas acredito neste lindo encontro. Se acontecer, vai ser ótimo e muito bem-vindo. Entreguei para Deus, porque quanto mais a gente procura no externo menos se conecta com o que realmente se deseja na nossa essência. Sou feliz comigo mesma e tenho aprendido cada vez mais a me amar. Acredito que, assim, o universo vai conspirar para um relacionamento que me faça querer dividir um projeto de vida no tempo que tiver que ser. Confio nas providências divinas.”

Metas para 2017 “A meta pra 2017 está mais focada no trabalho. Mas quero, sim, casar novamente, ter mais filhos e constituir uma família. Porém, isso não escolhemos, acontece! Que seja para nosso melhor, sempre.”
consequências da maturidade “Estou bem mais exigente na escolha de um companheiro. Sem dúvida! Fui amadurecendo e mudando as prioridades, valorizando outras qualidades nos homens. Admirar e respeitar quem estiver ao meu lado é fundamental.” 

Zero crise “Sempre é difícil fechar e começar ciclos. Cada etapa é um crescimento, com ou sem crise. Vejo isso como uma oportunidade de evolução.  Me adoro aos 33 e jamais me trocaria pela Maytê de 20! A sabedoria e experiência são bênçãos. A gente aprende a viver melhor, sofrer menos com as coisas. E essa maturidade só vem com o tempo mesmo.” 

No ar como a vilã Jéssica, em A Terra Prometida, ela completa 30 anos de carreira

Sem neurose “Sou feliz com minha aparência. Gosto de me cuidar, mas não sou neurótica com estas coisas. Procuro manter o equilíbrio entre o exterior e interior. Quando você cuida de dentro pra fora, acaba refletindo beleza e gostando mais de você.”

Preconceito “Já estou há 11 anos na Record TV, mas no início foi complicado. Vivi situações em que estava como protagonista e encontrava amigos da Globo que me diziam: ‘Nossa, está sumida! O que anda fazendo?’. Agora as coisas mudaram com o reconhecimento das novelas bíblicas. Estou muito feliz com esse crescimento da empresa.”

O oposto “A minha personagem, Jéssica, é exatamente o que não desejo na minha vida. Uma mulher insegura e carente a tal ponto de envenenar uma relação. Claro que temos inseguranças, momentos de ciúmes e posses, mas faço um trabalho para evitar esses sentimentos que me fazem tão mal. Não alimento esses pensamentos destrutivos. Assim, dou espaço somente para relações que me façam realmente bem e que eu possa sempre estimular o melhor do outro.” 

Veja mais

Por Tatiana Ferreira / Fotos: Fabrizia Granatieri
Leia Mais:

NOVELAS

  1. 1 'Órfãos da Terra': Vingança de Dalila é ameaçada por Paul
  2. 2 'A Dona do Pedaço': Fabiana e Vivi saem no tapa e vilã fica rica
  3. 3 Cynthia Senek desabafa: ''Chorei do início ao fim da gravação''
  4. 4 Caio Castro adere ao visual com trancinhas para novela
  5. 5 Grazi Massafera apresenta sua nova personagem: 'Forte e guerreira'